GERAL

Segurança que asfixiou jovem no Rio responderá por homicídio com dolo eventual

15 Mar 2019 - 14h09Por Roberta Jansen

Acusado de ser o responsável pela morte de um rapaz por asfixia em uma loja do supermercado Extra, no Rio, o segurança Davi Ricardo Moreira Amâncio, de 32 anos, vai responder por homicídio com dolo eventual, ou seja, em que assumiu o risco de matar. Novas imagens, exibidas pela TV Globo, revelam que Pedro Henrique Gonzaga estava desarmado quando foi imobilizado pelo segurança, diferentemente do alegado inicialmente.

Um novo inquérito sobre o caso foi encaminhado à Justiça nesta sexta-feira, 15, reunindo diversas imagens de vídeo que refazem o passo a passo do crime desde o momento em que Gonzaga e sua mãe chegam ao supermercado, na Barra da Tijuca, na zona oeste, até a morte do rapaz.

As novas imagens mostram que Gonzaga vai em direção do segurança. Em seguida, ele cai no chão duas vezes e, em seguida, é imobilizado. Amâncio alegou, originalmente, que o rapaz tentou pegar sua arma. Mas uma outra imagem mostra a arma na mão de um outro segurança, Edmilson Félix, comprovando que a vítima não oferecia risco algum.

A pena por homicídio com dolo eventual pode chegar a 30 anos de prisão. O outro segurança, que segurou a arma do colega e assistiu ao estrangulamento, também responderá por homicídio, porque não fez nada para impedir a morte de Gonzaga, a despeito dos diversos alertas feitos por outras testemunhas da cena.

Matérias Relacionadas

Schroeder

Três novos casos de Covid-19 são confirmados em Schroeder

O município já registra oito casos confirmados, destes apenas um recuperado
Jaraguá do Sul

Uso do Parque Via Verde fica restrito para atividades físicas

Placas proibindo a permanência na Via Verde já estão sendo colocadas. A fiscalização ficará por conta da Polícia Militar
Uso do Parque Via Verde fica restrito para atividades físicas
Saúde

WEG comunica o fornecimento de ventiladores pulmonares para o Sistema Único de Saúde (SUS)

Para atender o momento crítico da pandemia, Companhia vai entregar os primeiros equipamentos ainda esta semana
WEG comunica o fornecimento de ventiladores pulmonares  para o Sistema Único de Saúde (SUS)
Economia

Governo defende reformas após a pandemia para recuperar o PIB

Ministério da Economia também pede manutenção do teto de gastos
Governo defende reformas após a pandemia para recuperar o PIB
Ver mais de Geral