Fiscalização

Segundo o Procon, Canarinho descumpre decreto e pode ser multada por não diminuir os valores das passagens

27 Fev 2013 - 11h53

No fim da tarde de ontem (terça-feira) um fiscal do Procon de Jaraguá do Sul e o diretor do órgão de defesa do consumidor, estiveram no terminal urbano para fiscalizar a Viação Canarinho. Em uma vistoria no sistema de cobrança eletrônica de passagens, o fiscal Sérgio de Andrade e o diretor do Procon, Luiz Fernando Almeida, constataram que o decreto assinado pelo prefeito Dieter Janssen (PP), na segunda-feira, não estava sendo respeitado. No painel do equipamento, o valor de R$ 3,10 para o pagamento na hora do embarque comprovava o fato. O repórter Rogério Tallini acompanhou a fiscalização e traz os detalhes agora.

[jwplayer mediaid="64203"]

Ouça como foi a abordagem do diretor do Procon ao motorista do ônibus número 259 e o momento em que o mesmo foi informado da fiscalização.

[jwplayer mediaid="64201"]

Na sequência, Almeida fez o comunicado aos passageiros que estavam dentro do coletivo.

[jwplayer mediaid="64205"]

Ao final da informação, a iniciativa foi aplaudida pelos passageiros.


Ontem, logo após a fiscalização do Procon, o repórter Rogério Tallini publicou o destaque e uma foto no Facebook da Rádio Jaraguá, assunto que foi comentado por dezenas de pessoas, apoiando a iniciativa da administração.

Nesta quarta-feira, às 8h30, o fiscal e o diretor do Procon estarão novamente no terminal urbano para analisar a situação. Se os valores não sofreram alteração, a empresa poderá ser notificada.

ROGÉRIO TALLINI

Matérias Relacionadas

Geral

Turbidez na água obriga Samae a desligar dois Sistemas Independentes

Os sistemas do Boa Vista e do Molha estão desligados e não há abastecimento de água naquelas regiões
Jaraguá do Sul

SINE divulga vagas de emprego disponíveis em Jaraguá do Sul

Interessados devem comparecer à agência Sine em Jaraguá do Sul, no piso térreo da Rodoviária
SINE divulga vagas de emprego disponíveis em Jaraguá do Sul
Geral

Grupo Malwee é reconhecido como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil

O Grupo Malwee, uma das maiores empresas de moda do país, foi reconhecido pela segunda vez, como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil pelo Guia Exame de Sustentabilidade 2019.
Grupo Malwee é reconhecido como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil
Geral

IPVA 2019: parcelamento em três vezes sem juros termina segunda-feira

O IPVA mais caro é do automóvel I/Lamborghini Avent S, com ano de fabricação 2018. O imposto do veículo é de R$ 77.440,68
IPVA 2019: parcelamento em três vezes sem juros termina segunda-feira
Ver mais de Geral