terça, 23 de julho de 2019 - 03h51
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Fiscalização

Segundo o Procon, Canarinho descumpre decreto e pode ser multada por não diminuir os valores das passagens

27 Fev 2013 - 11h53

No fim da tarde de ontem (terça-feira) um fiscal do Procon de Jaraguá do Sul e o diretor do órgão de defesa do consumidor, estiveram no terminal urbano para fiscalizar a Viação Canarinho. Em uma vistoria no sistema de cobrança eletrônica de passagens, o fiscal Sérgio de Andrade e o diretor do Procon, Luiz Fernando Almeida, constataram que o decreto assinado pelo prefeito Dieter Janssen (PP), na segunda-feira, não estava sendo respeitado. No painel do equipamento, o valor de R$ 3,10 para o pagamento na hora do embarque comprovava o fato. O repórter Rogério Tallini acompanhou a fiscalização e traz os detalhes agora.

[jwplayer mediaid="64203"]

Ouça como foi a abordagem do diretor do Procon ao motorista do ônibus número 259 e o momento em que o mesmo foi informado da fiscalização.

[jwplayer mediaid="64201"]

Na sequência, Almeida fez o comunicado aos passageiros que estavam dentro do coletivo.

[jwplayer mediaid="64205"]

Ao final da informação, a iniciativa foi aplaudida pelos passageiros.


Ontem, logo após a fiscalização do Procon, o repórter Rogério Tallini publicou o destaque e uma foto no Facebook da Rádio Jaraguá, assunto que foi comentado por dezenas de pessoas, apoiando a iniciativa da administração.

Nesta quarta-feira, às 8h30, o fiscal e o diretor do Procon estarão novamente no terminal urbano para analisar a situação. Se os valores não sofreram alteração, a empresa poderá ser notificada.

ROGÉRIO TALLINI