segunda, 22 de julho de 2019 - 02h24
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Saúde

Secretaria da Saúde realiza ações de combate à Hanseníase

24 Jan 2013 - 12h20

A Secretaria Municipal da Saúde realiza ações orientativas sobre o Dia Mundial de Luta Contra a Hanseníase. As atividades iniciaram no último dia 18 com visitas de profissionais do órgão às unidades de saúde, onde estão sendo afixados cartazes da campanha.


No dia 2 de fevereiro (sábado), das 8 às 12 horas, os servidores estarão na Praça Ângelo Piazera, no Centro, distribuindo fôlderes, e prestando esclarecimentos sobre a doença, como prevenção, diagnósticos, transmissão e tratamentos.


Desde 1954 se comemora no último domingo do mês de janeiro o "Dia Mundial de Luta contra a Hanseníase". O Brasil é o segundo país do mundo em número de registros de Hanseníase, com 33.955 novos casos diagnosticados em 2011. No mesmo ano, foram diagnosticados em Santa Catarina 224 casos. Em Jaraguá do Sul, seis.

A Hanseníase é uma doença causada pelo Bacilo de Hansen, que atinge principalmente a pele e os nervos. A transmissão ocorre através do contato com o bacilo que é eliminado nas secreções das vias respiratórias (secreções nasais, tosse, espirrros) do paciente infectado que não está em tratamento. Especialistas ressaltam que quando o doente inicia o tratamento correto para Hanseníase, em poucos dias ele deixa de transmitir a doença.

É considerado como caso suspeito de Hanseníase a pessoa que apresenta um ou mais dos seguintes sintomas:

-lesão de pele com alteração de cor (manchas esbranquiçadas, violáceas, castanhas ou avermelhadas);

-área da pele com queda de pelos, especialmente nas sobrancelhas;

-diminuição da sensibilidade ao calor, frio, à dor, ao tato;

-sensação de dormência ou formigamento dos nervos;

-nódulos (caroços doloridos), edemas/infiltração (inchaços);

-acometimento de nervos periféricos (pele) e troncos nervosos com espessamento neural.