Imobiliária Coralli
Dengue

Saúde divulga 33º boletim da dengue, zika e chikungunya em Santa Catarina

26 Ago 2016 - 14h50
No período de 1º de janeiro a 20 de agosto foram notificados 12.945 casos suspeitos de dengue em Santa Catarina. Desses, 4.331 (33%) foram confirmados (3.437 pelo critério laboratorial e 894 pelo critério clínico-epidemiológico), 682 (5%) estão inconclusivos (classificação utilizada no Sinan nos casos em que após 60 dias da data de notificação, ainda estiverem sem encerramento da investigação), 7.860 (61%) foram descartados por apresentarem resultado negativo para dengue e 72 (1%) casos suspeitos estão em investigação pelos municípios. Os números constam do boletim nº 27 sobre dengue, zika e chikungunya em Santa Catarina.

Do total de casos confirmados (4.331) até o momento, 3.967 (92%) são autóctones, com transmissão dentro de Santa Catarina, 266 (6%) são importados (transmissão fora do Estado) e 98 (2%) estão aguardando definição do Local Provável de Infecção (LPI).

Até o momento, conforme informações sobre o Local Provável de Infecção (LPI) existe confirmação de transmissão autóctone de dengue em 26 municípios de Santa Catarina: Balneário Camboriú, Bom Jesus, Brusque, Caibi, Chapecó, Coronel Freitas, Descanso, Florianópolis, Guaraciaba, Guatambu,Itajaí, Joinville, Itapema, Itapoá, Maravilha, Modelo, Nova Itaberaba, Palmitos, Pinhalzinho, São José do Cedro, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste, Saudades, Serra Alta, União do Oeste e Xanxerê. Em relação ao boletim anterior,o município de Nova Itaberaba confirmou transmissão autóctone dedois casos, com início dos sintomas em abril, que estavam aguardando a investigação do Local Provável de Infecção (LPI).

O município de Pinhalzinho apresenta o maior número de casos autóctones (2.414) no estado, com uma taxa de incidência de 12.911,9 casos por 100 mil habitantes. Além de Pinhalzinho, Serra Alta possui uma taxa de incidência de 4.589,4casos por 100 mil habitantes, Bom Jesus 2.977,7 por 100 mil/hab, Coronel Freitas 1.548,9 por 100 mil/hab,Descanso 1022,9 por 100 mil/hab, Modelo 455,7 por 100 mil/hab, Chapecó 380,0por 100 mil/hab e União do Oeste333,3 casos por 100mil/hab. A Organização Mundial da Saúde (OMS) define o nível de transmissão epidêmico quando a taxa de incidência é maior de 300 casos de dengue por 100 mil habitantes.

 

Fonte -  Assessoria de imprensa DIVE

Matérias Relacionadas

Geral

Lodo no rio Bracinho prejudica abastecimento de água em Schroeder

O fato ocorreu devido a manutenção em uma comporta da barragem do Primeiro Salto da Usina Bracinho. Segundo a Celesc, ao perceber a vasão do material, os trabalhos foram suspensos
Lodo no rio Bracinho prejudica abastecimento de água em Schroeder
Saúde

Campanha da Multivacinação segue até o dia 30 de outubro

Em Corupá, 65% das crianças se vacinaram contra a Poliomielite
Campanha da Multivacinação segue até o dia 30 de outubro
Saúde

Governador de SC participa de webconferência com ministro da Saúde sobre vacinas contra Covid-19

O ministro afirmou que o Brasil terá vacinas seguras, todas registradas pela Anvisa
Governador de SC participa de webconferência com ministro da Saúde sobre vacinas contra Covid-19
Santa Catarina

Santa Catarina aumenta o número de certificações no Programa Bandeira Azul

O hasteamento da Bandeira Azul assegura aos visitantes mais informações sobre os locais, qualidade da água e ações de educação ambiental
Santa Catarina aumenta o número de certificações no Programa Bandeira Azul
Ver mais de Geral