Geral

Santa Catarina pode ter mais um posto do INSS em Taió, no Alto Vale do Itajaí

02 Ago 2012 - 13h13

Em mais uma passagem por Brasília, o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, reivindicou a abertura de uma agência do INSS na cidade de Taió, no Alto Vale do Itajaí.

O pedido foi encaminhado ao Ministério da Previdência Social.

A partir da criação da agência, a expectativa é de que 63 mil pessoas da região sejam atendidas. O objetivo do governo é desafogar os serviços no posto do INSS de Rio do Sul, responsável por atender grande parte da população dos municípios vizinhos.

- O ministro vai consultar o INSS para ver se já há um projeto nesse sentido e não ocorrendo vai colocar no plano plurianual, emenda da União, para que possa executar o projeto - afirmou o presidente do Instituto de Previdência do Estado de Santa Catarina (Iprev), Adriano Zanotto.

Também foi solicitada a liberação de R$ 64 milhões, referentes a dívida do INSS com o Estado. Mas, segundo o governo federal, não há previsão para que seja quitada. A verba ajudaria a cobrir o déficit previdenciário estadual que, no ano que vem, deve chegar aos R$ 2 bilhões.

- O que pedimos é agilidade para se fazer a compensação - reforçou o governador catarinense.

DIÁRIO CATARINENSE

Matérias Relacionadas

Geral

Militares brasileiros em Beirute estão bem, diz Marinha

Grande explosão na capital do Líbano deixou pelo menos dez mortos
Militares brasileiros em Beirute estão bem, diz Marinha
Guaramirim

Guaramirim confirma 12ª morte por coronavírus

O município já realizou 2993 testes, sendo 2190 descartados e 793 positivos para a doença
Guaramirim confirma 12ª morte por coronavírus
Jaraguá do Sul

Rua Uruguai interditada parcialmente a partir desta quarta-feira

A interdição ocorre devido a parada de caminhão para concretagem de laje e pilares em obras no Condomínio Residencial Carbon localizado naquela via
Geral

Samae esclarece sobre descarte de resíduos de pessoas contaminadas pelo coronavírus

A engenheira sanitarista e gerente de Resíduos Sólidos, Morgana Decker, explica que a principal recomendação para as pessoas que estão com covid-19 é descartar todos os resíduos no lixo comum, evitando a separação dos recicláveis pelo menos no período em
Samae esclarece sobre descarte de resíduos de pessoas contaminadas pelo coronavírus
Ver mais de Geral