Desperdício

Samae investe em programa de controle de perdas

24 Mai 2011 - 11h35

Além de melhorar o abastecimento de água com o início de operação da Estação de Tratamento de Água do Garibaldi - ETA Sul, o Samae começou no mês de maio a investir na ampliação do "Programa de Combate e Controle de Perdas". O programa tem como objetivo melhorar a eficiência do sistema de distribuição de água, reduzindo o volume retirado dos mananciais, economizando energia elétrica e produtos químicos, preservando assim o meio ambiente.


Segundo o consultor técnico do programa, engenheiro sanitarista Ricardo Meyer, as perdas de água podem ser físicas, quando decorrentes de vazamentos no sistema de distribuição, ou aparentes, nos casos de ligações clandestinas, hidrômetros antigos e falhas no cadastro de clientes. De acordo com os dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS, 2008), há companhias no Brasil com até 80% de perdas. O Samae de Jaraguá do Sul registra um índice de perdas de 37%, valor idêntico à média nacional. Mas o diretor-presidente da autarquia, Isair Moser, não está satisfeito. "Queremos reduzir ao mínimo o índice de perdas, por isso estamos investindo no programa", informa.

Em 2011 serão investidos cerca de R$ 350 mil no programa, para aquisição de equipamentos, capacitação de servidores e em consultoria técnica. O retorno do capital investido ocorrerá com a redução das perdas. "A meta é reduzir este índice para 25% nos três primeiros anos do programa, recuperando anualmente mais de um bilhão de litros de água" explica o consultor Meyer.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

STJ decide que condomínio pode proibir locação por meio de aplicativo

Decisão vale somente para o caso concreto
STJ decide que condomínio pode proibir locação por meio de aplicativo
Geral

Decreto prorroga auxílio emergencial aos trabalhadores da cultura

Nova norma afasta incertezas sobre benefício da Lei Aldir Blanc
Geral

Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões

Número é maior que população porque muitos têm mais de um chip
Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões
Geral

Quem vai se vacinar também pode ajudar com um quilo de alimento

Campanha Vacina Ação Solidária inicia nesta terça-feira (6) no Pavilhão A do Parque Municipal de Eventos. Quem for se vacinar, pode levar um quilo de alimento não perecível. Se puder e quiser
Quem vai se vacinar também pode ajudar com um quilo de alimento
Ver mais de Geral