Joaçaba Pneus
GERAL

'Réu, de pele e olhos claros, não possui estereótipo de bandido', escreve juíza

01 Mar 2019 - 15h51Por Luiz Vassallo

"O réu não possui estereótipo padrão de bandido, possui pele, olhos e cabelos claros". A frase é da juíza Lissandra Reis Ceccon, da 5ª Vara Criminal de Campinas (SP), em sentença na qual condenou um homem "de pele, olhos e cabelos claros" a 30 anos de prisão pelo crime de latrocínio.

A magistrada fez a observação ao relatar, nos autos, o fato de Klayner Renan Souza Masferrer ter sido "firmemente reconhecido" por uma vítima e uma testemunha de um roubo de carro seguido de tiros que mataram seu condutor. A decisão foi revelada pela repórter Sarah Brito, do portal ACidadeON e obtida pelo jornal O Estado de S. Paulo.

O caso foi denunciado pelo Ministério Público Estadual de São Paulo ainda em 2013 e sentenciado em 2016. A anotação da juíza sobre o "estereótipo padrão de bandido" começou a circular em grupos de WhatsApp de advogados.

Consta dos autos que, em fevereiro de 2013, Romário de Freitas Borges "estacionava o veículo na via pública, quando Klayner, de arma em punho, exigiu a entrega do veículo".

Inconformado, "Romário saiu ao encalço de Klayner, abriu a porta e puxou o assaltante do carro, entrando com ele em luta corporal".

Diz a denúncia que "Klayner realizou disparos que atingiram a cabeça e o abdômen de Romário, ocasionando ferimentos que foram causa de sua morte".

Ao sentenciar Klayner Masferrer, a juíza relata que ele "foi firmemente reconhecido pela vítima e testemunha". "A vítima sobrevivente mencionou que realizou o reconhecimento do réu entre outras fotos, entrando o delegado no Facebook do réu, voltou a reconhece-lo na delegacia e posteriormente em juízo".

"Em juízo, diga-se o réu foi colocado entre outras pessoas e vítima e a testemunha Maristela em nenhum momento apresentaram qualquer hesitação no reconhecimento. Ao contrário, a testemunha Maristela apresenta um depoimento forte (...), não se podendo duvidar que esta filha/mãe jamais o esquecerá", escreve.

E assim, ressaltou. "Vale anotar que o réu não possui o estereótipo padrão de bandido, possui pele, olhos e cabelos claros, não estando sujeito a ser facilmente confundido".

Matérias Relacionadas

Geral

Mais 300 ruas terão iluminação de LED em Jaraguá do Sul

Jaraguá do Sul possui em torno de 25 mil pontos de iluminação pública, atualmente são mais de 5.500 luminárias de LED instaladas em 250 ruas, 16 praças e outros ambientes públicos
Mais 300 ruas terão iluminação de LED em Jaraguá do Sul
Geral

GUARAMIRIM - Programa Nascer recebe propostas para pré-incubação de ideias inovadoras

Objetivo da iniciativa é visa estimular a inovação e o empreendedorismo inovador de base tecnológica
Geral

Organizadores divulgam Festival de Cinema na Câmara 

O Festival conta com mostras competitivas de várias categorias como curta metragem, longa metragem, tanto em documentário quanto ficcional ou animação.
Saúde

Para conter avanço da covid, áreas coletivas dos parques são interditadas em Jaraguá

Apenas atividades físicas individuais, com uso de máscara, estão permitidas nesse período, sem a permanência nos parques
Para conter avanço da covid, áreas coletivas dos parques são interditadas em Jaraguá
Ver mais de Geral