Premix Concreto
Geral

Réplica da imagem de Nossa Senhora Aparecida instalada na Capela do Seminário

12 Dez 2012 - 19h23


A Capela do Seminário de Corupá recebeu a réplica da imagem de Nossa Senhora Aparecida, vinda do Santuário Nacional de Aparecida (SP), no domingo (9), em comemoração aos 80 anos do Seminário e do Dia Mariano.


O seminário foi a primeira instituição religiosa da Diocese de Joinville que recebeu uma réplica da imagem da santa como presente. A peça foi um presente da instituição para marcar o Dia Mariano, que é comemorado no Seminário. "É algo inédito para a nossa região", explicou o padre José Napoleão Lauriano dos Santos, um dos organizadores do evento.

Grande público e centenas de fiéis prestigiaram do ato de recebimento da imagem, celebrando este momento significativo para o Seminário e o município de Corupá. Muitos padres, ex-seminaristas, seminaristas e religiosos participaram da cerimônia.

O evento começou com a carreata, saindo da Igreja Matriz São José, às 9 horas, em direção ao Seminário. A réplica, colocada em um dos caminhões do Corpo de Bombeiros Voluntários de Corupá, foi acompanhada por grande número de veículos.

A Jazz Band Elite executou hinos religiosos durante o cortejo dos fiéis, (trecho do portão até o pavilhão), onde aconteceu a Missa Solene, com presença do padre redentorista Mauro Vilela, de Aparecida do Norte (SP), responsável por intermediar a vinda da réplica da imagem para o Seminário.

Logo após, a imagem da Santa foi levava para a Capela, onde permaneceu durante todo o dia para que os devotos fizessem suas orações. Este foi um dos momentos emocionantes e de fortalecimento da fé. Centenas de pessoas se ajoelharam e rezaram para Nossa Senhora Aparecida.

A instalação da estátua de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, terá local em destaque na capela, para que os devotos possam visitá-la, pedir bênçãos e fazer suas orações. O padre Napoleão destaca que a representação material é uma maneira de reavivar a fé das pessoas com a Padroeira do Brasil.

"O povo brasileiro sempre teve muita ligação com Nossa Senhora, por isso, esta imagem vai ficar na nossa capela para a veneração do público. Ela vai ficar à disposição de todos os devotos, dos seminaristas e visitantes para que eles encontrem o aconchego da nossa mãe", enfatizou.

Após a missa de celebração e a instalação da Santa, teve almoço festivo no restaurante do Seminário e à tarde o café colonial.

 

Comemoração dos 80 anos

O Seminário Sagrado Coração de Jesus, instituição de formação religiosa e um dos pontos turísticos mais importantes de Corupá, completou 80 anos de história no dia 17 de janeiro. Localiza-se na rua Padre Gabriel Lux, 900, no bairro Seminário, em Corupá.

Para comemorar a data, foi planejada uma extensa programação festiva, que começou em fevereiro e encerra em dezembro. O lançamento do site oficial (www.seminariodecorupa.com.br), que está no ar desde o mês de janeiro, contribuiu para divulgar os eventos. A página virtual conta a história da instituição, traz fotos históricas e a agenda de eventos. "O site vai contribuir para divulgar os atrativos do seminário e também deixar os fiéis mais informados sobre os eventos religiosos", afirma o padre Murara.

A abertura oficial da programação aconteceu no dia 4 de fevereiro, com a celebração dos votos perpétuos de três futuros padres. Mas o destaque do ano foi o show do padre Zezinho no dia 3 de março. Conhecido nacionalmente pelas músicas que falam sobre a fé e a família, o ex-seminarista de Corupá propôs a apresentação assim que foi informado do aniversário do seminário.

No mês de maio aconteceu o tradicional café vocacional. A festa do Sagrado Coração de Jesus, com encontro de padres e religiosos, e a presença do arcebispo primaz do Brasil, dom Murilo Krieger, ocorreu no mês de junho. O dia festivo com encontro de ex-seminaristas e familiares, foi comemorado em agosto.

E em 9 de dezembro, a instituição recebeu a réplica da estátua de Nossa Senhora Aparecida, localizada no Santuário Nacional Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP). Este foi o último evento do ano, em comemoração aos 80 anos do Seminário.

Durante a semana, de 6 a 8 de dezembro, aconteceu o Tríduo Preparatório, com missas direcionadas a um público específico (trilheiros e jipeiros, agentes de saúde, educadores, bombeiros, polícia civil e militar e administração municipal, bananicultores, comerciantes e produtores de plantas ornamentais). As missas aconteceram na Capela do Seminário, com início às 19h30min.

História: Tudo começou em 1929

O Seminário Sagrado Coração de Jesus começou a ser construído em 1929. No dia 6 de setembro de 1929, foi lançada a pedra fundamental da construção. É o dia em que se comemora o nascimento da Virgem Maria. O responsável pela obra foi o padre alemão Gabriel Lux, que chegou em Corupá em 1928 e dá nome à rua do seminário.


A primeira parte foi inaugurada em 17 de janeiro de 1932, com a chegada dos primeiros 35 seminaristas, vindos da Escola Apostólica de Brusque, que já não comportava mais a grande quantidade de estudantes.

Em 1935, foi construída a segunda parte do prédio, que abrigava uma cozinha e a lavanderia, onde trabalhavam as freiras que atendiam os seminaristas. Esta etapa foi acompanhada pelo padre Antônio Echelmeyer. A capela foi erguida em 1953.

A última parte da construção, que abriga as salas de aula, os dormitórios dos seminaristas e o refeitório, foi concluída na década de 1970.

Turismo Religioso

O local movimenta o turismo religioso na região. Conhecido como um recanto de paz, o que se confirma pela bela arquitetura e também pelos jardins temáticos, a casa é repleta de histórias, sendo um dos primeiros espaços de formação presbiterial de Santa Catarina, em 1932.

Com 25 mil m² de área construída e 680 mil m² de área física, a construção em estilo gótico romano no Centro de Corupá atrai cerca de cinco mil visitantes a cada mês. "Algumas pessoas vêm de longe para conhecer o seminário. Recebemos turistas até do Mato Grosso, que ficam encantados com a beleza e espiritualidade que encontram aqui", destaca o Ecônomo Provincial, padre Cícero Murara.

Uma das atrações é o Museu Irmão Luiz Gartner, mais antigo de Santa Catarina, que reúne mais de 1.500 animais taxidermizados (processo de conservação), além da fábrica de velas Dorigatti, que leva o nome do Seminário de Corupá para todo o Brasil.

Aos domingos, acontece a tradicional Missa na Capela, a partir das 10 horas. E o restaurante do seminário abre ao público, servindo refeições com os insumos do próprio terreno, que possui horta, pasto e lagoa. E no segundo domingo do mês, o restaurante oferece o café colonial.

Eventos anuais

O Seminário Sagrado Coração de Jesus é palco de eventos anuais importantes, como a Assembleia Geral dos Bananicultores, o Encontro de Motoqueiros Chave 13, a Bananenfest e o Bananalama e outros. O espaço também é usado pelo clube de aeromodelismo e para o treinamento do Corupá Buffalos, time de futebol americano da cidade.

Mas mesmo sendo reconhecido pelo seu potencial turístico, o local ainda se destaca como espaço de inserção de jovens na vida religiosa. A Casa de formação dehoniana já recebeu mais de 6 mil seminaristas, incluindo o cardeal Eusébio Oscar Scheid e dom Murilo Krieger.

Segundo Murara, na década de 80, o local já chegou a abrigar 220 seminaristas. No entanto, com a mudança no processo de formação dos religiosos e a transferência do ensino médio para Rio Negrinho, desde o ano 2002, Corupá passou a sediar apenas parte das etapas do curso, o que reduziu o número de estudantes.

Em fevereiro de 2012, uma turma de oito seminaristas, cursa o postulantado, estágio de um ano com ênfase na formação humana. Depois, o destino do grupo será o Noviciado Nossa Senhora de Fátima, na Barra do Rio Cerro, em Jaraguá do Sul.

Planos futuros

O Seminário Sagrado Coração de Jesus deixará de ser um espaço destinado exclusivamente à formação de novos sacerdotes. A casa se tornou sede da administração da congregação dos padres do Sagrado Coração de Jesus, Província BRM.

Em 2013, deve ganhar outras funcionalidades. "Continuaremos sendo um local de evangelização, mas estudamos a possibilidade de fazer de uma das alas do seminário, um espaço de acolhida para turistas que visitam a cidade ou que simplesmente queiram relaxar neste reduto de paz e tranquilidade", comenta padre Nilson Helmann, diretor do seminário. No entanto, casa continuará recebendo eventos religiosos.

Para reforçar ainda mais a imagem do Seminário Sagrado Coração de Jesus como um importante ponto turístico, a administração busca um investimento de R$ 2 milhões para que o centro religioso abrigue um hotel.

O projeto, concluído no ano passado, prevê a reforma dos dormitórios dos seminaristas para a criação de 28 suítes, com piscina, área de lazer e trilhas para caminhada. As obras devem durar cerca de seis meses. De acordo com Murara, também está sendo planejada a abertura de lojas de artesanato e de uma choperia no piso térreo. "Estamos buscando os recursos junto à instituições financeiras, mas a nossa expectativa é de que a readequação do espaço comece no próximo ano", avalia. Outra ação para o próximo ano, será construir uma portaria para controlar a entrada e a saída de pessoas e garantir mais segurança aos visitantes.

Matérias Relacionadas

Geral

Fim de semana com previsão de chuva e temporais isolados

Geral

Em live, Bolsonaro pede que população economize energia elétrica

Presidente alertou sobre baixo nível de reservatórios
Em live, Bolsonaro pede que população economize energia elétrica
Geral

Jaraguá amplia horário de ônibus aos sábados

Medida segue até o Natal, por conta do horário especial do comércio
Jaraguá amplia horário de ônibus aos sábados
Geral

Sanitização continua em espaços públicos de Jaraguá do Sul

Nesse momento, em que o número de casos de covid-19 apresenta crescimento, a área de atuação foi ampliada
Sanitização continua em espaços públicos de Jaraguá do Sul
Ver mais de Geral