Caraguá
Casos

Relembre outros casos conhecidos de acidentes aéreos com equipes esportivas a bordo:

29 Nov 2016 - 10h17
Todo o mundo está consternado com a queda na Colômbia de um avião com 81 pessoas a bordo. No avião seguiam os jogadores de futebol brasileiros da equipe Chapecoense. Confirmados até agora 76 mortes e 5 sobreviventes.

Relembre outros casos conhecidos de acidentes aéreos com equipes esportivas a bordo:

4/5/1949 – Torino
O avião Fiat G.212 da Avio Linee Italiane retornava de Lisboa para Turim após um amistoso do Torino contra o Benfica. O acidente ocorreu durante a aproximação e a aeronave se chocou contra a Basilica de Superga. Ao todo, 31 pessoas morreram, sendo 18 jogadores e cinco membros da comissão técnica. Na época, o Torino liderava o Campeonato Italiano a quatro rodadas para o fim e seria o campeão.


6/2/1958 – Manchester United
O ‘Desastre de Munique’ ocorreu quando o avião Airspeed AS-57 Ambassador da British European Airways tentava decolar do aeroporto de Munique para Manchester. Ao todo, 44 pessoas estavam a bordo e 20 morreram. Entre eles, oito jogadores do Manchester United, que voltavam da Iugoslávia após jogo contra o Estrela Vermelha pela Copa da Europa.


16/7/1960 – Seleção olímpica da Dinamarca
Após a decolagem do aeroporto de Copenhague, o avião De Havilland Dragon Rapide fretada pela Associação Dinamarquesa de Futebol caiu sobre Oresund. Somente o piloto sobreviveu e oito pessoas morreram, todos jogadores da seleção olímpica que se dirigia para a disputada dos Jogos na Itália.


3/4/1961 – Green Cross
O time chileno do Green Cross voltava de um jogo contra o Provincial Osorno, em Osorno, pela copa do Brasil, quando o Douglas DC-3 da LAN se chocou contra a Cordilheira dos Andes no caminho para Santiago. No acidente, 24 pessoas morreram, sendo oito jogadores, o técnico e o fisioterapeuta. O local do desastre só foi descoberto em 2015.


26/9/1969 – The Strongest
Durante o retorno da delegação do The Strongest de Santa Cruz de La Sierra para La Paz, na Bolívia, o Douglas DC-6 do Lloyd Aéreo Boliviano desapareceu. Só foi encontrado no dia seguinte na região de Viloco. Todas as 74 pessoas a bordo morreram. Entre elas, 16 jogadores do clube boliviano e integrantes da comissão técnica.


11/8/1979 – Pakhtakor Tashkent
O avião Tupolev Tu-134 da Aeroflot levava a equipe uzbeque do Pakhtakor Tashkent para Minsk, onde enfrentaria o Dinamo Minsk. Enquanto sobrevoava a Ucrânia, a aeronave chocou-se com outro Tupolev Tu-134 da Aeroflot. Todas as 178 pessoas a bordo dos dois aviões morreram, incluindo 14 jogadores e três membros da comissão técnica.


8/12/1987 – Alianza Lima

O Fokker F27 da Servicio Aeronaval de La Marina del Peru (vôo fretado) voltava de Pucallpa para Lima e durante a aproximação para o aeroporto Jorge Chávez caiu no Oceano Pacífico. Somente o piloto sobreviveu e 43 pessoas morreram. Entre elas 16 jogadores do Alianza Lima e todo o staff da equipe.


7/6/1989 – Colorful 11
Um grupo de jogadores descendentes de surinameses que atuavam da Holanda formaram um time, o Colorful 11, para participar de um amistoso no Suriname contra o SV Robinhood. O DC-8 da Surinam Airways fazia a rota desde Amsterdam e caiu durante a aproximação para o aeroporto de Paramaribo. Dos 178 a bordo, 11 sobreviveram, incluindo três jogadores. No entanto, 15 outros morreram. Alguns atletas não conseguiram autorização dos clubes para a viagem e escaparam, como Ruud Gullit e Frank Rijkaard.


27/4/1993 – Seleção da Zâmbia
O avião De Havilland DHC-5D da Força Aérea da Zâmbia levava a seleção do país para um jogo das Eliminatórias para a Copa de 1994 contra o Senegal, em Dakar. A aeronave, entretanto, caiu na costa do Gabão. Todos as 30 pessoas a bordo morreram, entre eles 18 jogadores de Zâmbia e membros da comissão técnica.


Por muito pouco o time do Corinthians não entra para a lista acima. Em 1 de maio de 1996, a equipe que havia vencido o Espoli por 3 a 1 pela Libertadores, voltava para o Brasil. O Boeing 727 da Fly não conseguiu decolar do aeroporto de Quito e se chocou contra o muro no limite do campo. O trem de pouso e a asa direita pegaram fogo. Todos a bordo saíram às pressas. Entre os 90 passageiros, alguns saíram feridos, como o meia Tupãzinho com queimadura na perna esquerda, além do goleiro Nei e do zagueiro Alexandre Lopes.


Central de Jornalismo

Matérias Relacionadas

Geral

Cooper reforça compromisso ambiental no Dia da Árvore

Foram distribuídas 13 mil mudas de flores e de árvores frutíferas
Cooper reforça compromisso ambiental no Dia da Árvore
Geral

Encontrado corpo de jovem que desapareceu na praia do Ervino 

O rapaz, natural de Jaraguá do Sul, entrou no mar com outros amigos, mas foi puxado pela correnteza e acabou submergindo
Encontrado corpo de jovem que desapareceu na praia do Ervino 
Geral

Núcleo das Cervejarias comemora desempenho de marcas de Jaraguá em evento mundial

O concurso ocorreu em Londres e divulgou a lista de vencedoras deste ano, com quatro cervejarias catarinenses entre as premiadas, somando 14 rótulos diferentes
Núcleo das Cervejarias comemora desempenho de marcas de Jaraguá em evento mundial
Economia

Prefeitura de Guaramirim abre Portal do Emprego

Iniciativa disponibiliza sistema online para que empresas cadastrem vagas em aberto e público em geral consulte as disponíveis
Prefeitura de Guaramirim abre Portal do Emprego
Ver mais de Geral