GNet
Geral

Região deve receber vacinas faltantes nesta terça-feira

01 Mar 2016 - 11h48
Região deve receber vacinas faltantes nesta terça-feira -
Conforme nota divulgada pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina, na última sexta-feira (25), o Estado recebeu cerca de 58,4 mil doses de vacina contra Hepatite B. No entanto, a média de consumo mensal é de 60 mil doses. Em função da demanda reprimida, acredita-se que a quantidade não será suficiente neste primeiro momento.

Em relação à vacina Dupla Adulto, contra difteria e tétano, a situação é semelhante: foram enviadas 57,8 mil doses, enquanto a média de consumo mensal é de 80 mil. Porém, desde setembro do ano passado o Estado não recebia essa vacina. Então, a quantidade também não deverá ser suficiente.  Apesar de também não ter recebido doses da vacina Dupla Adulto há alguns meses, os municípios da microrregião não ficaram desabastecidos, uma vez que, conseguiram suprir a demanda.

O Estado recebeu, ainda, 9,1 mil doses da vacina contra hepatite A rotina pediátrica, quantidade suficiente para atender a média mensal de consumo. Contudo, como o último envio de doses aos municípios ocorreu em agosto de 2015, essa remessa deverá ser insuficiente para a demanda do mês de março.

Foram também enviadas para Santa Catarina 20 mil doses da vacina DTP, contra difteria, tétano e coqueluche para crianças. Apesar de a cota mensal ser de 30 mil doses, a quantidade deverá atender a necessidade, pois não havia demanda reprimida no Estado, já que essa vacina estava sendo substituída pela pentavalente. Em relação à vacina Tetraviral, que protege as crianças contra Sarampo, Rubéola, Caxumba e Varicela (catapora), foram recebidas 9 mil doses, conforme a cota mensal. Como houve distribuição dessa vacina no mês de fevereiro, esperasse redução da demanda reprimida. Da vacina contra a Raiva (VERO), foram enviadas ao Estado 2,5 mil doses, enquanto o consumo médio é de 2 mil doses/mês

Permanece em falta em Santa Catarina, devido à indisponibilidade de estoque em nível nacional, a vacina DTPa infantil, disponibilizada para crianças com doenças crônicas e imunidade deficiente.

Já as vacinas dTpa reforço adulto (contra difteria, tétano e coqueluche para gestantes), e a vacina contra hepatite A CRIE, chegaram à CENADI (Central Nacional de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos) e devem ser encaminhadas ao estado durante o mês de março.

 
GNet

Matérias Relacionadas

Geral

Cartórios passam a receber denúncias de violência doméstica

Campanha Sinal Vermelho auxiliará mulheres de modo discreto e sigiloso
Cartórios passam a receber denúncias de violência doméstica
Saúde

Covid-19: Jaraguá antecipa vacina Pfizer para quem tomou a D1 até 31/8

Lembrando que a Central de Vacinas Covid-19 não atenderá mais aos domingos
Covid-19: Jaraguá antecipa vacina Pfizer para quem tomou a D1 até 31/8
Geral

Cães são encontrados mortos em sacos de lixo em Jaraguá

Animais estavam dentro de um 'Saco Verde', junto com material reciclável
Cães são encontrados mortos em sacos de lixo em Jaraguá
Educação

Jaraguá define calendário de matrículas e rematrículas na rede municipal de ensino

As escolas seguirão todos os protocolos se segurança contra a covid-19, nos casos em que seja necessário a presença das famílias para as matrículas e rematrículas.
Jaraguá define calendário de matrículas e rematrículas na rede municipal de ensino
Ver mais de Geral