Unimed - Capa
Enem

Reaplicação do Enem 2016 vai custar R$ 10,5 milhões

21 Nov 2016 - 10h52

Os cálculos, feitos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o Inep, incluem gastos com impressão, aplicação, correção e distribuição das provas e materiais administrativos da segunda aplicação. A nova prova vai ser aplicada nos dias 3 e 4 de dezembro.


O Ministério da Educação decidiu adiar a prova para mais de 270 mil alunos, por causa das ocupações de escolas de educação básica e instituições de ensino superior em vários estados brasileiros. Isso significa que a realização do exame ficou inviabilizada para cerca de três por cento dos participantes inscritos. De acordo com o Inep, as mobilizações dos estudantes poderiam comprometer a segurança necessária aos participantes e à prova em si. Na próxima terça-feira, dia 22, o Inep vai divulgar os novos locais de prova e o número final de inscritos habilitados a fazer o Enem em dezembro.

Matérias Relacionadas

Geral

Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital

Certificação de cópias passa a ser de forma online
Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital
Geral

Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência

Os profissionais dos Creas auxiliam as mulheres vítimas de violações de direitos com encaminhamentos e orientações referentes a serviços de Saúde, Educação, Defensoria Pública, Jurídicos e outros que forem necessários
Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência
Geral

Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos

Choveu mais de 124 milímetros na madrugada, causando alagamentos em diversos bairros.
Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos
Geral

Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba

Ninguém se feriu
Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba
Ver mais de Geral