dengue
Geral

Quinta fase de buscas a destroços e corpos do voo 447 termina, diz França

07 Jun 2011 - 17h52

O BEA, organismo francês responsável pela investigação do acidente do voo 447 da Air France, informou nesta terça-feira (7) que a quinta fase de buscas a destroços e corpos no Oceano Atlântico foi encerrada na tarde da sexta-feira (3).


Nesta etapa, foram recuperados 104 corpos de vítimas, além das caixas-pretas e outras peças do Airbus. Ficaram no mar 74 corpos, que não tinham possibilidade de serem identificados, disseram as autoridades francesas às famílias das vítimas.

O navio Ile de Sein está rumando para Las Palmas, nas Ilhas Canárias, na Espanha, onde deve chegar na quinta-feira (9). Lá, a equipe de buscas será desmobilizada.

Durante a próxima semana, o navio irá para o porto de Bayonne, sudoeste da França. Dali, as peças do avião serão levadas a Toulouse, para um hangar da Direção Geral de Armamento (DGA), e os corpos recuperados serão levados para exames que permitirão a identificação.


Foto de 12 de maio mostra uma das caixas-pretas
do voo 447 (Foto: AP)

O presidente da Associação de Vítimas Brasileiras, Nelson Faria Marinho, que perdeu um filho no acidente e acompanha as investigações sobre as causas do acidente, contou que o embaixador designado pelo governo francês para interagir com as famílias telefonou para ele nesta segunda (6) com as notícias.

"Ele disse que os corpos não seriam retirados porque estavam em condições muito ruins, despedaçados", afirmou.

Segundo Nelson , a expectativa agora das famílias brasileiras é acompanhar a identificação dos 104 corpos que ainda aguardam laudo do Instituto Médico Legal da França.

"Estão todos na expectativa de saber quem é quem. Os corpos retirados não foram identificados ainda, e ainda não sabemos como eles farão isso", disse ele, lembrando que a Polícia Federal já recolheu material das famílias para ajudar na identificação dos corpos.

Nelson afirmou que a notícia o frustrou.

"Quando me reuni dia 11 de abril com BEA, eles deixaram muito claro que os corpos estavam muito bem conservados, dada a temperatura da água, muito gelada, e o sal. E lá a bactéria não existe. Mas não tinham falado em corpos em estado precário e despedaçado", contou.

O acidente, ocorrido dois anos atrás em um voo entre Rio de Janeiro e Paris, matou as 228 pessoas que estavam a bordo.


Além dos 104 corpos resgatados nesta fase de buscas, outros 50 já haviam sido recuperados em etapas anteriores, logo após o acidente.

 O BEA divulgou em 27 de maio um relatório parcial que descreve os minutos que antecederam a queda do avião. Um relatório final deve ser divulgado no final de julho.

Nesta quinta fase de buscas, cada corpo precisou ser içado cuidadosamente de uma profundidade de cerca de 3.900 metros. Os primeiros corpos, resgatados no início de maio, ainda estavam presos aos assentos da aeronave.

Philippe Vinogradoff, autoridade apontada pelo governo francês para tratar com as famílias das vítimas, disse que o último corpo foi resgatado no dia 3 de junho.

"Todos os corpos que eram possíveis de serem resgatados... foram trazidos para a superfície", disse Vinogradoff em comunicado, acrescentando que a equipe de buscas preparou uma placa em homenagem às vítimas que foi deixada no fundo do mar junto aos destroços do avião.

* Com agências internacionais


GLOBO.COM

Matérias Relacionadas

Geral

Confira as previsões do horóscopo para hoje

Saiba o que os astros reservam para você no amor, vida profissional e viagens
Confira as previsões do horóscopo para hoje
Geral

INSS confirma exposição de dados de até 40 milhões de segurados

Cadastro de aposentados e pensionistas teve segurança reforçada
INSS confirma exposição de dados de até 40 milhões de segurados
Geral

A semana começa com chuva e temporais em Santa Catarina

A previsão é de que as condições de chuva persistam ao longo desta terça-feira (25), com a frente fria se estabilizando sobre o estado.
A semana começa com chuva e temporais em Santa Catarina
Trânsito

Rocha se desprende e fecha temporariamente a subida do Molha, em Jaraguá do Sul 

Defesa Civil e Secretaria de Obras liberaram a passagem ainda na tarde desta segunda-feira (24)
Rocha se desprende e fecha temporariamente a subida do Molha, em Jaraguá do Sul 
Ver mais de Geral