Delivery Much
GERAL

'Prostituição' motiva pedido de isenção de IPTU em SP

08 Mai 2019 - 10h02Por Luiz Vassallo

A Associação dos Condomínios Residenciais e Comerciais de São Paulo pediu, em uma ação civil pública, que a Prefeitura seja condenada a impedir a prostituição em zonas denominadas "exclusivamente residenciais". O órgão requer que o município regularize a profissão em até 90 dias, definindo locais e horários para exercer a atividade.

A entidade pede multa de R$ 500 mil ou que sejam os proprietários dos imóveis "atingidos por tal deterioração de sua circunvizinhança desobrigados ao pagamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e do ITBI (Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis) enquanto não solucionada essa grave questão social expressa pela prostituição de rua".

Segundo a associação, nota-se em diversas regiões a concentração de profissionais do sexo "ganhando grande visibilidade ao chamar, de modo nefasto, a atenção dos transeuntes e moradores locais". O documento cita bairros como Moema e Planalto Paulista, na zona sul, e Butantã, na zona oeste.

A associação ainda argumenta que a degradação do entorno leva à "má-fama do bairro, depauperação dos valores dos imóveis, afastando negócios de compra e venda imobiliária, inclusive locação de imóveis".

Segundo a entidade, as concentrações nos locais ocupados pelos profissionais do sexo são clandestinas, "tipicamente organizadas e dominadas por cafetões". A associação vê ausência de regras. "Impera a desordem marcada por brigas, gritos, ruídos, atentados ao pudor, badernas, sequestro relâmpago, tráfico de drogas..."

"Há de se concordar: quem optaria por morar ou estruturar seus negócios em regiões conhecidas como áreas de prostituição pública?", indaga a entidade. Procurada pela reportagem, a Prefeitura de São Paulo não se manifestou. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Conselho do PPI recomenda concessão de florestas no Amazonas

Medida ainda depende de aval do presidente da República
Geral

Deslizamentos de terra danificam imóveis em Jaraguá

Três casas tiveram danos ocasionados por deslizamentos. Além disso, houve registros de quedas de árvores e outras ocorrências sem gravidade.
Deslizamentos de terra danificam imóveis em Jaraguá
Geral

Participe dos grupos de WhatsApp da Rádio Jaraguá

Pelo aplicativo você tem acesso às notícias mais importantes a qualquer momento
Participe dos grupos de WhatsApp da Rádio Jaraguá
Geral

Norma de pesagem é revisada e caminhoneiro pagará menos, diz ministro

Segundo ele, peso por eixo será substituído e tolerância, ampliada
Ver mais de Geral