Produção de Banana

Projeto de Rastreabilidade da Produção de Banana será lançado nesta terça-feira em Corupá

20 Jun 2016 - 19h08
A intenção é padronizar os registros de campo, reduzindo erros e garantindo informações mais detalhadas sobre a produção de bananas em Santa Catarina. Ao todo, o Projeto contou com investimentos de R$ 500 mil, sendo R$ 400 mil apoiados pelo Programa SC Rural. O Projeto de Rastreabilidade da Produção de Banana será entregue oficialmente aos produtores nesta terça-feira, 21, às 19h, em Corupá, com a presença do secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa.

A Rastreabilidade da Produção de Banana envolve nove associações de bananicultures e duas cooperativas da região de Jaraguá do Sul. O Caderno de Campo Digital permite que os produtores façam o controle das atividades realizadas no manejo do pomar, como o plantio de novas áreas, desbaste, desfolha, eliminação do coração e pencas, ensacamento, adubação, manejo de pragas, doenças e plantas daninhas e registrará as colheitas. Com esses dados, o produtor poderá rastrear

a sua produção e os consumidores poderão conhecer a origem da fruta, identificando o processo desde a produção até a distribuição.

O Caderno de Campo Digital atende aos requisitos legais e a demanda de comercialização. Com um produto rastreado, os bananicultores terão uma fruta diferenciada no mercado, com o aprimoramento do controle de qualidade e melhorando a comunicação com o cliente final.

A Rastreabilidade da Produção de Banana é uma iniciativa da Associação dos Bananicultores de Corupá (ASBANCO; Associação dos Produtores Rurais de Garuva (APRGARUVA); Associação dos Bananicultores de Guaramirim (ABG); Associação de Bananicultores de Jaraguá do Sul (ABAJAS); Associação dos Bananicultores do Município de Luiz Alves ( ABLA); Associação dos Produtores de Banana de Massaranduba (APROBAM);  Associação dos Bananicultores de São João do Itaperiú (ASBASJI); Associação dos Bananicultores do Município de Schroeder (ABS); Associação dos Bananicultores de Joinville (ASBANVILLE); Cooperativa dos Agricultores Familiares de Massaranduba (Cooperbam) e Cooperativa da Agricultura Familiar Rio Novo.

O lançamento da Rastreabilidade da Produção de Banana encerra o roteiro do secretário da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, pela região de Jaraguá do Sul nesta terça-feira (21).

A agenda do secretário inclui ainda:

9h – Cooperativa dos Agricultores Familiares de Massaranduba (Cooperbam)

Local: Rodovia SC 415, Km 90,9 (Entrada para Massarandubinha), Massaranduba

Visita à sede que está sendo construída com apoio do Programa SC Rural.

10h30 – Cooperativa Juriti

Local: Rua Patrimônio, n°12, Massaranduba

Visita à nova Sede da Cooper Juriti

11h45 – Almoço Pesque Pague Dori

Local: Rua Padre Sílvio Micheluzzi, 731 - Guarani Mirim, Massaranduba

Almoço com representantes da Associação dos Piscicultores de Massaranduba (Apisma), entidade composta por 32 piscicultores e secretários municipais de Agricultura da região da Amvali.

15h – Cooperativa da Agricultura Familiar Rio Novo – Cooper Rio Novo

Local: Corupá

Visita às duas unidades de embalamento de banana da Cooper Rio Novo, entidade formada por 57 cooperados, e melhorias de estradas secundárias apoiadas pelo SC Rural.

17h30 – Reunião com Federação das Associações de Bananicultores de Santa Catarina - Febanana

Local: Sede da Asbanco - Rua Augustinho Oliari, 181, Corupá

 
Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Casa São José realiza pedágio virtual

Casa de apoio a pacientes e familiares completa 4 anos de atividades em abril
Casa São José realiza pedágio virtual
Educação

Educação alerta sobre a responsabilidade das famílias nas tarefas escolares

Essa tem sido uma bandeira levantada pela Secretaria de Educação de Jaraguá para que o sistema híbrido de ensino (uma semana presencial e uma semana digital) tenha sucesso
Educação alerta sobre a responsabilidade das famílias nas tarefas escolares
Geral

Moradores de Guaramirim ficarão sem fornecimento de água na terça-feira

Os trabalhos consistem no desligamento do transformador da ETA para fazer a troca da fiação de saída do transformador que alimenta toda a estação
Moradores de Guaramirim ficarão sem fornecimento de água na terça-feira
Geral

Média histórica do Auxílio-Cidadão de Jaraguá apresenta nova elevação em março

Desde o início da pandemia, o número de benefícios mensais concedidos se mantém acima da média de três mil. Em 2021, o valor investido é de quase R$ 1,4 milhão
Média histórica do Auxílio-Cidadão de Jaraguá apresenta nova elevação em março
Ver mais de Geral