Unimed - Capa
Festival do Conto

Programação do Festival Nacional do Conto

08 Ago 2012 - 14h29

http://festivalnacionaldoconto.blog.com/

Livremente inspirado no Festival Europeu do Conto (realizado em Zagreb, na Croácia), o Festival Nacional do Conto é um projeto de difusão, discussão e fomento, e traz para Santa Catarina o debate sobre um dos gêneros literários mais populares do globo. Para revitalizar o gênero e aquecer o debate, o festival aposta na nova geração de escritores brasileiros, também premiada e reconhecida no exterior, para promover quatro dias de dedicação ao conto.


Em 2011, Veronica Stigger, Santiago Nazarian, Ivana Arruda Leite, Marcelino Freire, Nelson de Oliveira, Joca Reiners Terron, Daniel Galera, Tony Monti, Marne Guedes e Diogo Henriques trouxeram novas ideias sobre o gênero. Para este ano, o curador Carlos Henrique Schroeder selecionou, mais uma vez, um time instigante: Elvira Vigna, João Anzanello Carrascoza, Paulo Scott, Luiz Felipe Leprevost, André de Leones, Luís Henrique Pellanda, Ricardo Lísias e Luiz Ruffato.


Quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Teatro SESC Jaraguá do Sul (Jorge Czerniewicz, 633)

20h - "Tentativas sobre o conto: as estatuetas de Degas" com Elvira Vigna


Uma romancista abrindo o festival do conto? Sim, uma romancista, e que preparou uma apresentação especial para o festival, que parte de Degas para levanter uma questão: tudo é tentativa? "Meus romances nascem de um conto jamais escrito. Há uma imagem, uma cena, como se fosse a cena de um filme, que me deixou parada, em silêncio, sem entender. Escrevo sabendo que ao tentar entender, explicar, tudo fica ainda mais fechado, mudo".

20h40min - "As afinidades eletivas" com João Anzanello Carrascoza


Um dos grandes contistas brasileiros contemporânes abre sua caixa-preta, num bate-papo informal sobre sua produção e seus contistas prediletos.

Sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Sala de grupos do SESC Jaraguá do Sul (Jorge Czerniewicz, 633)

20h - "O som e a fúria do conto" com Paulo Scott e Luiz Felipe Leprevost



Um bate-papo sobre o conto e suas relações com o teatro, música, quadrinhos e cinema. Dois escritores ousados e inventivos numa verdadeira salada de ritmo, sonoridade e timbre: conto.

Sábado, 11 de agosto de 2012

Enoteca Decanter (Av. Marechal Deodoro da Fonseca, nº1118, sala 101)

18h - "Conto ao vivo/Conto ao vinho" com André de Leones e Luís Henrique Pellanda



A formação de um contista, na visão de dois talentosos contistas, e seus contos de cabeceira, num bate-papo que precede um bom malbec argentino.

Mesa patrocinada pela http://www.decanter.com.br/

19h - Degustação de vinhos



Desgustação patrocinada pela http://www.decanter.com.br/

Domingo, 12 de agosto de 2012

Teatro SESC Jaraguá do Sul (Jorge Czerniewicz, 633)

14h até 19h - Oficina de contos, com Luiz Ruffato



Leitura e análise de textos dos participantes. A partir das demandas teóricas, surgidas de necessidades específicas, são introduzidos elementos de teoria literária e de processo de criação. Ou seja, a leitura crítica dos textos alheios torna-se fundamental para a elaboração de uma escrita criativa.


Haverá seleção para participar da oficina com Luiz Ruffato, pois são apenas 12 vagas. É necessário enviar um conto (de no máximo 6 mil caracteres) e uma pequena biografia para atendimento@designeditora.com.br. As inscrições encerraram-se no dia 5 de agosto.

19h30min - "Conto de mutação ", com Ricardo Lísias e Luiz Ruffato


Dois escritores e uma pergunta: onde começa a vida e onde termina o conto?

Confira como foi a edição de 2011 do Festival Nacional do Conto:

http://www.designeditora.com.br/festival/Festival%20nacional%20do%20conto%202011.pdf

Os convidados:

ELVIRA VIGNA

É escritora, ilustradora e artista visual. Nasceu em 1947, no Rio de Janeiro e atualmente mora em São Paulo. Formada em literatura pela Universidade de Nancy, na França, é também mestre em comunicação pela UFRJ. Seu romance Nada a dizer, publicado em 2010 pela Companhia das Letras, recebeu o prêmio de ficção da Academia Brasileira de Letras. É também autora de "O que deu para fazer em termos de história de amor" e "O assassinato do Bebê Martê", também pela Companhia das Letras, dentre outros.

Site oficial: http://vigna.com.br

JOÃO ANZANELLO CARRASCOZA

Nasceu em 1962, na cidade de Cravinhos-SP. Redator de propaganda e professor universitário, publicou os livros de contos Hotel Solidão, O vaso azul, Duas tardes, Meu amigo João e Dias raros, dos quais foram selecionadas as histórias que compõem O volume do silêncio. É também autor de "Espinhos e alfinetes" e "Aquela água toda", também de contos. Dos prêmios que recebeu, destaca-se o Guimarães Rosa - Radio France Internationale. Em 2006, a convite da Art Omi International Arts Center, participou, como escritor-residente, do Programa Ledig House - International Writer's Colony, nos Estados Unidos.

PAULO SCOTT

Nasceu em Porto Alegre, em 1966, e mora atualmente no Rio de Janeiro. É autor, entre outras obras, do romance Voláteis (Objetiva), do livro de contos Ainda orangotangos (Bertrand Brasil) - adaptado para o cinema por Gustavo Spolidoro, longa-metragem vencedor do 13o Festival de Cinema de Milão - e do livro de poemas A timidez do monstro (Objetiva) e do romance Habitante irreal (Alfaguara).

LUIZ FELIPE LEPREVOST

Músico, letrista, dramaturgo, o curitibano Leprevost é sobretudo um grande contista, autor de Inverno dentro dos Tímpanos (2008) e Barras Antipânico e Barrinhas de Cereal (2009), dentre outros.

ANDRÉ DE LEONES

Autor de Dentes negros (romance / Rocco, 2011), Como desaparecer completamente (romance / Rocco, 2010), Paz na terra entre os monstros (contos / Record, 2008) e Hoje está um dia morto (romance / Record, 2006), Vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2005, e um dos jovens autores mais instigantes da literatura contemporânea brasileira.

LUÍS HENRIQUE PELLANDA

Nasceu em Curitiba (PR), em 1973. É escritor, jornalista, dramaturgo, roteirista e músico. Coeditor e cronista do site de crônicas e ilustrações Vida Breve, e durante muitos anos atuou como subeditor e colunista do jornal literário Rascunho. É autor do livro de contos "O macaco ornamental", lançada pela Bertrand, e de "Nós passaremos em branco", pela Arquipélago. Formado em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, trabalhou nas redações dos jornais Gazeta do Povo e Primeira Hora.

RICARDO LÍSIAS

Nasceu em São Paulo, em 1975. Publicou Cobertor de estrelas, traduzido para o espanhol e o galego, Duas praças, terceiro colocado do Prêmio Portugal Telecom e Anna O. e outras novelas, finalista do Prêmio Jabuti. É autor de O céu dos suicidas e Os mandarins, ambos lançados pela Alfaguara.

LUIZ RUFFATO

Nasceu em Cataguases (MG) em 1961. Publicou: Histórias de remorsos e rancores (contos, 1998); Os sobreviventes (contos, 2000), Menção Especial do Prêmio Casa de las Américas -; Eles eram muitos cavalos (romance, 2001), vencedor do Prêmio APCA de melhor romance de 2001 e Prêmio Machado de Assis de Narrativa, da Fundação Biblioteca Nacional; Come tanti cavalli (Milano, Bevivino Editore, 2003); Tant et tant de chevaux (Paris, Éditions Métailié, 2005); Eles eram muitos cavalos (Espinho, Quadrante, 2006); As máscaras singulares (poemas, 2002); Os ases de Cataguases (ensaio, 2002); Mamma, son tanto felice (Inferno Provisório - Volume I romance, 2005) e O mundo inimigo (Inferno Provisório - Volume II romance, 2005), ambos vencedores do Prêmio APCA de melhor ficção de 2005); Vista parcial da noite (Inferno Provisório - Volume III romance, 2006) e O livro das impossibilidades (Inferno Provisório - Volume IV romance, 2008).

Matérias Relacionadas

Geral

Aberto processo seletivo para Engenharia Civil no Samae de Jaraguá do Sul

Os interessados devem estar cursando entre o terceiro e o penúltimo semestre do Curso de Engenharia Civil
Aberto processo seletivo para Engenharia Civil no Samae de Jaraguá do Sul
Geral

Diego Maradona morre aos 60 anos

Maior jogador da história do futebol argentino sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, segundo o jornal argentino 'Clarín'
Diego Maradona morre aos 60 anos
Geral

Pernambucanas inaugura loja em Jaraguá do Sul

A loja traz também uma importante novidade, o "Clique e Retire", possibilitando ao local ser um ponto para retirada de produtos adquiridos de forma online em qualquer uma das plataformas digitais da companhia
Geral

Morre aos 69 anos o jornalista Fernando Vanucci

A causa da morte não foi divulgada pela família. 
Morre aos 69 anos o jornalista Fernando Vanucci
Ver mais de Geral