Imobiliária Coralli
Reciclagem

Programa estimula destinação correta do óleo de cozinha

19 Set 2012 - 20h23

Um ato corriqueiro de muitas donas de casa pode contribuir e muito para a devastação do meio ambiente. Despejar o óleo de cozinha usado no ralo da pia ou no quintal causa diversos prejuízos com o comprometimento dos recursos naturais e danos à natureza. Através desta visão, sócio ambiental o Núcleo de Postos de Combustíveis da ACIJS-APEVI de Jaraguá do Sul, desenvolveu o projeto Óleo Útil, que neste mês de setembro completa um ano.  Com o objetivo de recolher o material descartado pela comunidade para que tenha destinação adequada. Desde que a campanha teve início, em setembro do ano passado, o volume cresceu com a participação de restaurantes ligados ao Núcleo de Gastronomia ACIJS-APEVI, responsáveis pela coleta de aproximadamente quinhentos litros por mês.


Participam da campanha 27 postos de combustíveis e 12 restaurantes ligados ao Núcleo de Gastronomia, e mais outros quatros locais, totalizando 43 pontos de coleta. E já foram arrecadados 10 mil litros, alcançando a meta inicial. Todo o óleo é recolhido pela empresa Restióleo e enviado para várias cidades como Curitiba, Francisco Beltrão, Chapecó, entre outras cidades, onde o resíduo é transformado em massa de colar vidro e ração animal.

Em comemoração, no próximo domingo, dia 23, o Núcleo dos Postos de Combustíveis estará participando da Ação Comunitária Weg, mostrando o resultado do programa e orientando a comunidade sobre o destino correto do óleo de cozinha. E às 11h30 será plantada aos arredores da Arena Jaraguá, uma muda de árvore simbolizando a ação. A ideia do programa é educar e conscientizar a população na destinação correta do óleo de cozinha e com isso devolver para a natureza em forma de plantação de mudas de árvores nativas, em parceria com a ONG Anghusa, de Timbó, responsável pela doação das árvores e a Fujama e Biovita que ficam encarregadas pelo projeto de engenharia, na qual determinam uma área propícia para o cultivo.

Segundo informações do coordenador do Núcleo, Sérgio Seefeld, 38% do óleo recolhido vem através da comunidade e os outros 62% são dos restaurantes.  "Nosso trabalho sempre foi envolver mais a comunidade, com o objetivo de recolher o óleo, educar e devolver a natureza em forma de plantio de árvores", explica.

Programa em forma de teatro

As crianças também foram envolvidas no projeto, mas de uma forma bem humorada e divertida, por meio de espetáculo da companhia Teatro UM, de Joinville, levando para as escolas a conscientização quanto à importância dreciclagem do óleo. Já foram realizadas 100 apresentações em 33 escolas de Jaraguá do sul e 10 escolas Guaramirim. Segundo o coordenador do teatro, Luis Carlos Silva Júnior, a intenção foi de veicular a campanha entre as crianças. "Foi uma maneira de conscientizar os alunos e mostrar que os postos de combustíveis estão a favor da natureza", enfatiza.

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Estiagem em SC: Com chuva mal distribuída, municípios continuam em alerta

Conforme dados, entre 286 municípios monitorados, 214 estão em estado de normalidade, 56 em atenção, 13 em alerta e 3 em crítico
Estiagem em SC: Com chuva mal distribuída, municípios continuam em alerta
Esportes

Sete modalidades abrem Paralimpíada de Tóquio no ano que vem

Cronograma indica primeira medalha no ciclismo de pista
Sete modalidades abrem Paralimpíada de Tóquio no ano que vem
Geral

CIEE registra aumento no número de vagas de estágio e aprendizagem

Mês de abril registrou maior retração devido à covid-19
CIEE registra aumento no número de vagas de estágio e aprendizagem
Economia

Captação da poupança bate recorde para meses de julho

Depósitos superaram saques em R$ 27,14 bilhões no mês passado
Captação da poupança bate recorde para meses de julho
Ver mais de Geral