GNet
Saúde

Programa de Saúde Bucal nas creches muda índice de cárie

19 Out 2015 - 16h38
Programa de Saúde Bucal nas creches muda índice de cárie -

Ágatha, quatro anos, está acostumada a deitar na maca do ambulatório do centro de educação infantil do João Pessoa, abrir a boca e ter os dentes examinados pela “tia Nanci”. Depois de escovar os dentes na manhã desta segunda-feira (19), ela e os colegas foram encaminhados pela técnica de enfermagem da creche para o exame da boca e dos dentes. Esse exame é feito em todos os centros municipais de educação infantil, a cada três meses, pela odontopediatra da rede municipal de saúde, Nanci Mara Voigt Batalha.

A visita da odontopediatra na creche, o exame clínico, a higiene bucal e a aplicação tópica de flúor fazem parte do Programa Municipal de Prevenção em Saúde Bucal aplicado nos CMEIs de Jaraguá do Sul, para crianças de zero a seis anos de idade. O programa foi implantado no município em 1995, há 20 anos, pelo odontopediatra Luís Fernando Medeiros e é referência no País. O projeto é determinante para a diminuição do índice de cárie entre as crianças jaraguaenses. Em 1996, o município tinha 20% das crianças de zero a três anos – matriculadas na creche – com cárie. No ano passado, o mesmo índice medido pela odontopediatra Nanci foi de 4,88% das crianças examinadas, ou seja, apenas um quarto do número anterior.

O programa de saúde bucal nas creches tem como principais objetivos a atenção precoce (quatro a seis meses), a manutenção da saúde bucal e a determinação e o controle dos fatores de risco da criança. Com instrumentos simples e de baixo custo, como espátulas de madeira, abaixador de língua, cotonete, lanterna, luva, gaze e flúor, o serviço consegue economizar milhares de reais em tratamentos de saúde bucal que seriam necessários no futuro, caso a prevenção e a sensibilização não acontecesse desde a primeira infância.

Há ainda um trabalho fundamental para a sensibilização dos profissionais da creche, das crianças e dos pais, realizado por uma técnica em saúde bucal, Karoline Borges Rodrigues, desenvolve no próprio ambiente das crianças atividades educativas, palestras e escovação supervisionada. “O trabalho em equipe é o segredo. Contamos com profissionais conscientizados sobre a importância dos cuidados com a saúde bucal e também com famílias sensibilizadas. Por isso, temos os números que temos”, afirma Nanci.


GNet

Matérias Relacionadas

Economia

Empresário Vicente Donini recebe Ordem do Mérito da Indústria na sexta-feira

A distinção é concedida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), com indicação da FIESC
Empresário Vicente Donini recebe Ordem do Mérito da Indústria na sexta-feira
Saúde

Exposição Interativa Saúde Bucal e Nutrição começa nesta quarta em Jaraguá

A exposição poderá ser visitada das 13h às 19h e tem entrada gratuita
Exposição Interativa Saúde Bucal e Nutrição começa nesta quarta em Jaraguá
Geral

Projeto da SCAR promove debates online com transmissão ao vivo sobre o universo da dança

As conversas, com transmissão ao vivo, passam pelo balé, jazz e pelas danças urbanas e acrobáticas
Geral

Guaramirim inicia três cursos gratuito

Medida beneficia população atendida pela Assistência Social do município
Guaramirim inicia três cursos gratuito
Ver mais de Geral