Eleições 2020
Programa de inclusão digital

Programa de inclusão digital beneficia estudantes da rede estadual

28 Out 2016 - 10h32
Programa de inclusão digital beneficia estudantes da rede estadual -
Foram entregues 35 máquinas totalmente restauradas e com aplicativos do sistema operacional Linux (software livre) para auxílio nas atividades escolares. Outros 15 computadores serão destinados a escolas para serem utilizados em bibliotecas e nas atividades administrativas.

Michael Eberle Siemeintcoski, diretor regional do SENAI, explica que os equipamentos são recondicionados por professores e alunos do curso de aprendizagem em suporte e manutenção de computadores como parte da atividade de formação.

“É um projeto que permite aos alunos desempenharem uma atividade pedagógica que ao mesmo oportuniza a inserção social a jovens da comunidade”, explica. Desde que a parceria teve início, em 2010, já foram repassados a estudantes da região 721 computadores, todos doados por pessoas físicas e empresas e restaurados pelos alunos do SENAI. Uma das empresas participantes é a WEG, que tem feito a maior parte das doações de equipamentos porque mantém uma constante atualização de tecnologia de informação em suas atividades.

Segundo Roberto Baumgartel, professor do curso, o equipamento oferece todas as condições de uso didático e também beneficia as famílias com o uso para outros fins além da pesquisa escolar. “São máquinas completamente atualizadas em com garantia de funcionamento, e permitem ao aluno realizar todas as pesquisas já que os aplicativos são legalizados”, explica.

“Eu fazia todos os meus trabalhos escolares na casa de uma prima, mas a gente sabe que isto acaba sempre sendo um incômodo. Agora, com meu próprio computador tenho mais autonomia e mais agilidade”, comenta satisfeito Eduardo Hisi Berti, de 15 anos, aluno do primeiro ano do ensino médio na Escola Estadual Teresa Ramos, de Corupá. Para o jovem, a doação representa muito porque o pai, trabalhador autônomo, e a mãe, que perdeu o emprego há pouco tempo, não têm condições de comprar um computador para ele outros 3 irmãos em idade escolar.

O secretário executivo da ADR Leonel Pradi Floriani destacou a parceria da gerência de educação, destacando que o governo do estado tem interesse em multiplicar a iniciativa surgida em Jaraguá do Sul. “Há uma disposição do governo do estado de que esta seja uma ação estadual e com isto beneficiar outros municípios”, afirma.

Célio Bayer, vice-presidente da FIESC no Vale do Itapocu, garantiu que o assunto será levado à coordenação estadual do Movimento Santa Catarina pela Educação para ser estendido a outras regiões com o envolvimento do SENAI no estado. “É um projeto que merece ser multiplicado não somente pelo seu caráter educacional, mas também pela importância para a sustentabilidade ambiental”, observou Bayer.

O programa reúne como parceiros, além da ADR e SENAI, instituições e entidades como o Poder Judiciário, através do Juizado Especial, CDL, Católica SC, Uniasselvi/Fameg, ABNV, 14º BPM, Fujama, Associação Jaraguaense de Recicladores, Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente de Corupá, e a empresa WEG.

 

Matérias Relacionadas

Variedades

Fundo Social aborda nesta terça (27) Lei de Incentivo ao Esporte

Educação

PMSC abre as inscrições para ingresso nos Colégios Policiais Militares do estado

O processo seletivo se destina ao preenchimento de 300 vagas para o 6° ano, sendo 60 vagas para cada município
PMSC abre as inscrições para ingresso nos Colégios Policiais Militares do estado
Geral

Segurança jurídica com nova lei do gás vai atrair R$ 60 bi em investimentos

A afirmação foi feita na sexta-feira (23) durante reunião on-line da diretoria da FIESC com o deputado federal Laércio Oliveira, relator do texto aprovado na Câmara
Segurança jurídica com nova lei do gás vai atrair R$ 60 bi em investimentos
Economia

Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis

Decisão saiu no Diário Oficial de hoje
Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis
Ver mais de Geral