Educação

Professores e governo discutem salários neste momento

23 Mai 2011 - 17h36

O governo do Estado está apresentando proposta salarial ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina, que pode pôr fim à greve dos professores da rede estadual. Parados desde 18 de maio, os docentes reivindicam o piso nacional salarial, de R$ 1.187, para toda carreira.


Na sexta-feira, a greve chegou ao terceiro dia com adesão de mais professores. De acordo com a informações da SED, mais da metade (52,74%) dos 39 mil professores aderiram ao movimento. Na quinta-feira, eram 34%.

Cerca de 399.167 alunos dos 700 mil matriculados foram prejudicados. Já o Sinte divulgou, na sexta-feira, que 95% dos docentes pararam.

Coordenadora regional Mislene Pickcius, participou por telefone no Jornal da Jaraguá, e disse que a greve ainda não acabou.

[jwplayer mediaid="92896"]

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Decreto prorroga auxílio emergencial aos trabalhadores da cultura

Nova norma afasta incertezas sobre benefício da Lei Aldir Blanc
Geral

Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões

Número é maior que população porque muitos têm mais de um chip
Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões
Geral

Quem vai se vacinar também pode ajudar com um quilo de alimento

Campanha Vacina Ação Solidária inicia nesta terça-feira (6) no Pavilhão A do Parque Municipal de Eventos. Quem for se vacinar, pode levar um quilo de alimento não perecível. Se puder e quiser
Quem vai se vacinar também pode ajudar com um quilo de alimento
Saúde

Hemosc necessita de doações de sangue para manter estoques

A doação de sangue está funcionando com horário agendado previamente, que pode ser por telefone ou diretamente no site
Hemosc necessita de doações de sangue para manter estoques
Ver mais de Geral