Unimed - Capa
Escola de Governo

Professor palestra sobre patrimônio histórico

18 Jul 2012 - 14h27
Professor palestra sobre patrimônio histórico -
Professor palestra sobre patrimônio histórico

O Mestre em Patrimônio Cultural e Sociedade pela UNIVILLE e professor, Sidnei Marcelo Lopes, palestrou na noite de ontem (17), na Escola de Governo e Cidadania da AMVALI, sobre a "Importância do Patrimônio Histórico, Cultural, Artístico e Arquitetônico". O patrimônio em sua denominação é considerado uma herança paterna, bens de família, dote dos ordinandos, bem ou conjunto de bens culturais ou naturais de valor reconhecido para determinada localidade, região, País ou para a humanidade, e que, ao se tornar protegido deve ser preservado para usufruto de todos os cidadãos.

Segundo Sidnei "o Patrimônio não é apenas aquilo que é passado de pai para filho, uma posse, um bem, que resista a várias gerações, mas algo que possa ser atribuído algum valor. Esta valoração não é sinônimo de valor monetário, mas principalmente um valor simbólico, mágico, representativo, identitário, que o bem cultural tenha para com o sujeito social".


Durante muito tempo era considerado patrimônio apenas os bens de origem aristocrata, religiosa e estatal, onde para ser reconhecido, precisavam ser antigos, monumentais ou excepcionais. A primeira legislação patrimonial do país foi vigorada com o decreto lei nº. 25 de 30 de novembro de 1937, onde em seu art. 1º explicita o conceito de "Patrimônio Histórico e Artístico" que diz: "constitui o patrimônio histórico e artístico nacional o conjunto dos bens móveis e imóveis existentes no País e cuja conservação seja de interesse público, quer por sua vinculação a fatos memoráveis da história do Brasil, quer por seu excepcional valor arqueológico ou etnográfico, bibliográfico ou artístico".

O professor explicou que o conceito de monumentabilidade e autenticidade até meados do século passado, eram os alicerces da visão "pedra e cal" do patrimônio. "Na nossa vida pessoal aquilo a que atribuímos valor se torna um bem - algo que buscamos manter, preservar, pois nos enriquece de alguma forma. Ao falarmos do nosso patrimônio cultural, nos referimos ao conjunto de bens que constituem a nossa cultura, algo que nos enriquece enquanto povo" acrescentou.

Sidnei mostrou imagens de patrimônios de alguns municípios da AMVALI, como a importância do Seminário Sagrado Coração de Jesus em Corupá, da antiga Prefeitura Municipal de Schroeder e da Estação Ferroviária de Guaramirim, sendo bens que precisam ser preservados e que fazem parte da história da microrregião.


Segundo a constituição Federal de 1988, artigo 216, constituem patrimônio cultural brasileiro os bens de natureza material ou imaterial, tomados individualmente ou em conjunto, portadores de referência à identidade, à ação, à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira. Com a visão e os conceitos ampliados e os critérios de reconhecimento revistos o patrimônio cultural assumiu um lugar de referência e sua preservação passou a ser sinônimo de manutenção e conservação da memória coletiva e das identidades das populações.

Já o patrimônio material são as edificações, objetos de arte, objetos de uso cotidiano, bens arqueológicos, entre outros. São os bens "palpáveis". Também há o patrimônio imaterial que são as festas, folguedos, lendas, culinárias, modos de fazer e outros. São aqueles bens culturais que não tem existência material.

O professor falou também sobre as referências culturais, os objetos, as celebrações, formas de expressão, saberes, memória, tombamento e registro, tombamento no Rio de Luz que é um vale de riqueza e reflexões sobre o patrimônio cultural e que preservar o patrimônio é um dever de todo cidadão e também do Estado.

Matérias Relacionadas

Geral

Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital

Certificação de cópias passa a ser de forma online
Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital
Geral

Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência

Os profissionais dos Creas auxiliam as mulheres vítimas de violações de direitos com encaminhamentos e orientações referentes a serviços de Saúde, Educação, Defensoria Pública, Jurídicos e outros que forem necessários
Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência
Geral

Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos

Choveu mais de 124 milímetros na madrugada, causando alagamentos em diversos bairros.
Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos
Geral

Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba

Ninguém se feriu
Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba
Ver mais de Geral