Geral

Primeiro-ministro japonês renuncia ao salário até o fim da crise nuclear

10 Mai 2011 - 11h09

O primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, anunciou nesta terça-feira que renuncia ao salário até o fim da crise na central nuclear de Fukushima.

- Continuarei recebendo meu salário como membro do Parlamento, mas não o de primeiro-ministro nem os bônus correspondentes - explicou o chefe de governo em uma entrevista coletiva.

O Japão enfrenta há dois meses o mais grave acidente nuclear de sua história, depois das avarias nos circuitos de resfriamento da central de Fukushima, provocada pelo terremoto e tsunami de 11 de março.


Considerado o pior acidente nuclear da história, o desastre de Chernobyl, na Ucrânia, deixou para trás 60 mil km² de área contaminada pela radiação e 340 mil pessoas sem um lugar para morar.

Em um teste de rotina, à 1h24min do dia 26 de abril de 1986, o sistema de segurança da planta foi desligado para evitar cortes de energia no reator. Por erro humano, em vez de apagar o reator número 4, técnicos provocaram o reaquecimento do núcleo ativo do sistema, a transformação da água de resfriamento em vapor e a consequente explosão.

À hora do acidente, apenas duas pessoas morreram, mas, nos dias seguintes, outras 31 que trabalharam no resgate das vítimas perderam a vida. Hoje, números oficiais da Organização Mundial de Saúde falam em 9 mil mortos em consequência do vazamento da radioatividade.

Até hoje, os níveis de radiação impedem que os habitantes de Chernobyl voltem para casa, porque cientistas estimam que a limpeza da área levará, pelo menos, um um século.

Fonte: AFP

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira
Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Geral

Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo

Os usuários que estacionarem na Zona Azul da cidade e não efetuarem o pagamento, continuarão a receber o Aviso de Cobrança de Tarifa, mas somente poderão efetuar a quitação no prazo de até 10 minutos a partir do horário de emissão do aviso
Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo
Saúde

Havan ajuda na compra de dois respiradores

Um deles foi doado para o Samu de Joinville e o outro para Barra Velha. Ambos vão atender os pacientes do município quando precisam ser transportados com urgência para hospitais da região
Ver mais de Geral