golpe de estado

Presidente turco pede que população resista ao golpe

15 Jul 2016 - 22h17
Em sua primeira declaração após a tentativa de golpe militar na Turquia na noite desta sexta-feira (15/07), o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, pediu que a população saia às ruas para tentar impedir que os militares tomem o poder no país.

Erdogan, que está fora da Turquia em local não divulgado, apareceu via webcam no canal CNN Turk. O presidente turco culpou o "movimento gulenista", em referência a Fethullah Gülen, um clérigo muçulmano autoexilado nos EUA há dez anos e considerado o principal rival político de Erdogan, pela tentativa de golpe. Em maio, o governo de Erdogan classificou oficialmente o Hizmet, movimento liderado por Gülen, como um grupo terrorista.

Ele afirmou que a ação dos militares terá a “resposta necessária” de seu governo. Ele também declarou que continua no poder do país.

Membros das Forças Armadas turcas fecharam as pontes de Bósforo e Fatih Sultan Mehmet, em Istambul, e há relatos de jatos e helicópteros voando baixo sobre a cidade e em Ancara, além de tiros na capital turca.

Segundo Yildirim, os militares tomaram uma “ação ilegal” e não autorizada e o governo continua no comando do país. “Não vamos permitir essa tentativa”, disse ele à emissora turca NTV. “Aqueles envolvidos neste ato ilegal vão pagar o mais alto preço”, afirmou.

Matérias Relacionadas

Jaraguá do Sul

Morador de Jaraguá que estava desaparecido é encontrado no Paraná

Conforme informações da família, Adalton está bastante debilitado e se encontra em uma clínica se recuperando
Morador de Jaraguá que estava desaparecido é encontrado no Paraná
Geral

Vale dos Encantos Convention Visitors Bureau elege nova diretoria

Vale dos Encantos Convention Visitors Bureau elege nova diretoria
Jaraguá do Sul

Morador de Jaraguá que está desaparecido pode ter ido para Curitiba ou São Paulo

Adalton José Warmling, 48 anos, tem aproximadamente 1.85 de altura, é magro e tem histórico de depressão.
Morador de Jaraguá que está desaparecido pode ter ido para Curitiba ou São Paulo
Geral

Vicente Caropreso critica medida que extingue o DPVAT

Estão extinguindo mais uma fonte de recursos da saúde. Serão R$ 2,1 bilhões a menos para o SUS, disse o deputado estadual
Vicente Caropreso critica medida que extingue o DPVAT
Ver mais de Geral