Eleições 2020
Antídio Lunelli

Prefeito e vice fazem primeira viagem a Brasília

14 Mar 2017 - 20h21
Será a primeira viagem oficial da atual gestão e tem como finalidade verificar a tramitação de projetos encaminhados pela administração anterior em Ministérios e órgãos do Governo Federal, e fazer novas solicitações.

Entre os compromissos, está uma visita à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), para saber como está o processo de liberação da passagem de nível na Rua Benildo Zamin, no viaduto do bairro Centenário. A empresa de logística Rumo/ALL – detentora da concessão do transporte ferroviário – alega não ter autorização da ANTT para liberar a passagem sobre a linha férrea. “A intenção é saber o que está acontecendo, já que nós esperamos ansiosos a liberação daquela passagem, para melhorar o trânsito naquela região”, explicou o prefeito Antídio Lunelli.

Junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com o apoio do Deputado Federal Esperidião Amim, apresentam pedido de recursos para compra de máquinas e equipamentos.

Ainda com Mauro Mariani, Antídio e Udo terão audiência com o ministro do Turismo, Max Beltrão, para apresentar pedido de recursos destinados à pavimentação da terceira e última etapa do acesso à Chiesetta Alpina e Morro das Antenas, pavimentação do trecho Serrinha / Santa Luzia e proposta de sinalização turística.

No Ministério das Cidades, no dia 16, às 11h, acompanhados do Senador Paulo Bauer (PSDB), prefeito e vice terão audiência com o ministro Bruno Araújo, para saber como está o projeto de revitalização do Centro e Distrito de Inovação, localizado no bairro Rau. Segundo o vice-prefeito, Udo Wagner, o projeto técnico foi aprovado, sendo que não havia recursos para contemplá-lo. “Estamos protocolando novamente este projeto, sendo que está orçado em R$ 85 milhões”, comentou.

No mesmo Ministério, pretendem levantar informações sobre um projeto de pavimentação e qualificação de vias, protocolado ainda em 2013 e inserido no PAC 2, que foi suspenso. Originalmente, a proposta era de R$ 47 milhões, mas a pedido do Ministério e da Caixa Econômica Federal, o valor foi reduzido para R$ 5 milhões. “Até hoje, não houve resposta, apesar de o município ter sido selecionado, e os projetos executivos aprovados junto ao Ministério e a Caixa”, disse o prefeito.

Também será apresentado o pedido de liberação de recursos de aproximadamente R$ 3,8 milhões para a pavimentação da segunda etapa da Via Verde, no bairro Ilha da Figueira, cuja primeira parte do asfaltamento está sendo concluída nesta semana. O Senador Paulo Bauer é o parlamentar que tem defendido a proposta e buscado recursos para a obra.

Ainda com o ministro Araújo, será protocolado um projeto de implantação da Ciclovia do Trabalhador, orçado em R$ 12 milhões. Além disso, na Secretaria Nacional de Programas Urbanos – vinculada ao Ministério das Cidades –, será apresentado projeto de obras de proteção de encostas e desassoreamento de rios, por meio do PAC 3 Prevenção, e verificar a liberação de recursos para a regularização fundiária.

Logo em seguida, às 12h, e com a participação do Deputado Federal Mauro Mariani, o prefeito Antídio Lunelli e o vice terão audiência com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho. Desassoreamento de rios e ribeirões, construções de pontes, galerias e enrocamento no Ribeirão Grande do Norte, estão na pauta de solicitações. Também, vão buscar informações sobre o andamento do Plano de Prevenção de Cheias na Bacia do Rio Itapocu.

Matérias Relacionadas

Economia

Pix poderá ser usado para recolhimento do FGTS

A nova possibilidade poderá ser usada em 2021
Pix poderá ser usado para recolhimento do FGTS
Economia

Confiança do Consumidor tem primeira queda desde maio

Pesquisa foi feita pela Fundação Getulio Vargas
Confiança do Consumidor tem primeira queda desde maio
Educação

Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior

Em 2018, as matrículas dos calouros representavam 39,8% do total
Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior
Educação

Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos

Serão entregues 197 milhões de livros em municípios de todo o país
Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos
Ver mais de Geral