Imobiliária Coralli
Geral

Polícia Federal encerra investigação sobre banco Panamericano

08 Fev 2012 - 15h06

A Polícia Federalanunciou nesta quarta-feira (8) ter encerrado a investigação que apurou as denúncias de crimes envolvendo o banco Panamericano. De acordo com a PF, o inquérito policial concluído na terça seguiu para o Ministério Público Federal. Caso condenados, os indiciados poderão responder a penas que, somadas, podem chegar a 31 anos de reclusão.


O inquérito teve início em dezembro de 2010 e foi aberto para investigar "a existência e a autoria de crimes decorrentes de fraudes contábeis e subtração de valores envolvendo a administração" do banco, conforme indica nota da Polícia Federal.

A Polícia Federal anunciou nesta quarta-feira (8) ter encerrado a investigação que apurou as denúncias de crimes envolvendo o banco Panamericano. De acordo com a PF, o inquérito policial concluído na terça seguiu para o Ministério Público Federal. Caso condenados, os indiciados poderão responder a penas que, somadas, podem chegar a 31 anos de reclusão.

O inquérito teve início em dezembro de 2010 e foi aberto para investigar "a existência e a autoria de crimes decorrentes de fraudes contábeis e subtração de valores envolvendo a administração" do banco, conforme indica nota da Polícia Federal.

GLOBO.COM

Matérias Relacionadas

Jaraguá do Sul

Jaraguá do Sul registra 38ª morte em decorrência do coronavírus

Nas últimas 24 horas foram 23 novos casos e 17 pessoas recuperadas
Jaraguá do Sul registra 38ª morte em decorrência do coronavírus
Corupá

Comunicado de utilidade pública: novo foco de dengue é registrado em Corupá

Este é o 9º foco positivo registrado em 2020 no Município
Geral

Parques são permitidos. Mas cuidados continuam

Prática de atividades físicas e até permanecer no local é permitido agora – com uso de máscara, álcool em gel, distanciamento
Parques são permitidos. Mas cuidados continuam
Educação

Educação capacita gestores para retomada e anuncia apoio pedagógico presencial na rede estadual

As redes municipal, privada e federal têm autonomia para decidir como conduzir as ações pedagógicas e a retomada, porém, de acordo com o que estabelece o PlanCon e mediante o acompanhamento e a atuação dos comitês municipais
Educação capacita gestores para retomada e anuncia apoio pedagógico presencial na rede estadual
Ver mais de Geral