GERAL

PM pesquisou rotinas de Marielle, Freixo e autoridades da segurança, diz delegado

12 Mar 2019 - 17h34Por Roberta Jansen

Preso sob a acusação de ter sido o executor de Marielle Franco, o PM reformado Ronnie Lessa teria feito pesquisas on-line não apenas sobre a rotina da vereadora do PSOL, mas também sobre a de outros políticos da esquerda, como o atual deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) e sua família, além de autoridades da área de segurança.

"Ronnie tinha um perfil de ódio a políticos de esquerda", afirmou o delegado Giniton Lages. "Hoje, não sabemos se havia mandantes, se ele agiu sozinho." Segundo o delegado, Lessa fez pesquisas "sobre Marcelo Freixo, sobre a esposa do Freixo, sobre diversas autoridades públicas, o Richard Nunes (então secretário de Segurança durante a intervenção federal no Rio), delegados de polícia".

Lages não deixou claro, no entanto, se o objetivo de tais pesquisas seria buscar um alvo ou reunir informações para o crime contra Marielle.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Turismo promove inventário em Jaraguá do Sul

Equipe já visitou mais de 160 estabelecimentos e levantou dados que serão utilizados para a divulgação turística do município.
Turismo promove inventário em Jaraguá do Sul
Geral

Samae faz limpeza de reservatório na ETA Sul

Nessa ocasião os reservatórios devem ser submetidos à manutenção preventiva e corretiva, se necessário.
Saúde

Lunelli faz doação para ajudar unidades hospitalares de Guaramirim e Corupá

O repasse foi realizado através do Fundo Solidário e financiou a compra de ultrassom e dez camas hospitalares
Lunelli faz doação para ajudar unidades hospitalares de Guaramirim e Corupá
Geral

Jaraguá do Sul recebeu seis toneladas de alimentos do Condor

A ação, que é viabilizada em parceira com os fornecedores da rede, doa parte da venda dos produtos anunciados no tabloide específico da ação
Jaraguá do Sul recebeu seis toneladas de alimentos do Condor
Ver mais de Geral