GERAL

PM pesquisou rotinas de Marielle, Freixo e autoridades da segurança, diz delegado

12 Mar 2019 - 17h34Por Roberta Jansen

Preso sob a acusação de ter sido o executor de Marielle Franco, o PM reformado Ronnie Lessa teria feito pesquisas on-line não apenas sobre a rotina da vereadora do PSOL, mas também sobre a de outros políticos da esquerda, como o atual deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) e sua família, além de autoridades da área de segurança.

"Ronnie tinha um perfil de ódio a políticos de esquerda", afirmou o delegado Giniton Lages. "Hoje, não sabemos se havia mandantes, se ele agiu sozinho." Segundo o delegado, Lessa fez pesquisas "sobre Marcelo Freixo, sobre a esposa do Freixo, sobre diversas autoridades públicas, o Richard Nunes (então secretário de Segurança durante a intervenção federal no Rio), delegados de polícia".

Lages não deixou claro, no entanto, se o objetivo de tais pesquisas seria buscar um alvo ou reunir informações para o crime contra Marielle.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Guaramirim receberá novo trator para auxiliar no desenvolvimento agrícola

A equipe do deputado Vicente Caropreso irá auxiliar nas tratativas burocráticas para garantir a aquisição e destinação do novo equipamento
Guaramirim receberá novo trator para auxiliar no desenvolvimento agrícola
Geral

Região em alerta por conta das chuvas

A Epagri/Ciram alerta para previsão de chuva persistente até a noite de segunda-feira (1º) especialmente no Litoral Norte, médio e baixo Vale do Itajaí.
Região em alerta por conta das chuvas
Geral

Maquinários que auxiliam agricultores recebem cabines para operadores

Medida permite que seus operadores tenham mais segurança e possam executar seus trabalhos junto aos agricultores inclusive em dias chuvosos.
Maquinários que auxiliam agricultores recebem cabines para operadores
Geral

Ponte no Rio Manso é interditada

Além da erosão na cabeceira da ponte, a rodovia teve deslizamentos de terra.
Ponte no Rio Manso é interditada
Ver mais de Geral