Preços

Planos de saúde: média de preços em estados varia até 66%

26 Jul 2016 - 10h55
Dados divulgados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) mostram que a variação de preços de planos de saúde chega a 66% entre os estados, considerando a média de preços mais baixa e a mais alta. A agência tomou como base os valores do ano de 2015 dos planos na faixa entre 44 a 48 anos, no segmento ambulatorial+hospitalar com contração individual/familiar.

São Paulo tem a média de preços mais baixa do país para essa faixa, R$ 423,41, enquanto Roraima tem a mais elevada, R$ 706,78. O valor médio nacional deste segmento ficou em R$ 610,24. Os números estão disponíveis Painel de Precificação de 2015, da ANS, que traz informações e análises sobre os valores médios praticados no mercado de planos de saúde no Brasil

Minas Gerais e Rio de Janeira estão em seguida na lista de preços mais baixos, respectivamente com R$ 441,91 e R$ 525,56. Na outra ponta da lista, estão Pará, com média de R$ 695, e Amazonas, com R$ 704,17

O levantamento também mostra que o reajuste médio por mudança de faixa etária ao se completar 34 anos apresenta a menor variação média (10,5%), enquanto o reajuste para o beneficiário que completa 59 anos apresenta a maior variação média (43,6%).

Santa Catarina não foge da média nacional. No Estado, um plano de saúde custa em torno de R$ 603,29, o mais caro da região Sul. No Rio Grande do Sul, a média é de R$ 570,42 e no Paraná, R$ 563,69. SC é o 17º estado com o preço mais elevado do país. Informações da Agência Brasil.

Matérias Relacionadas

Saúde

Em reunião com secretário da Saúde e parlamentares, ministro da Saúde se compromete com 240 monitores para leitos de UTI

O encontro desta segunda-feira (13) também teve a participação de representantes dos hospitais filantrópicos, das secretarias municipais da saúde e da Federação Catarinense de Municípios (Fecam)
Em reunião com secretário da Saúde e parlamentares, ministro da Saúde se compromete com 240 monitores para leitos de UTI
Esportes

Campeonato Catarinense continua suspenso por 14 dias

secretário adjunto da Saúde, Aldo Baptista Neto, participou da conferência e ouviu as demandas dos clubes
Campeonato Catarinense continua suspenso por 14 dias
Jaraguá do Sul

[VÍDEO] Jaraguá do Sul registra 539 casos confirmados de coronavírus

Na tarde desta segunda-feira (13), o repórter Sérgio Luiz acompanhou o momento em que os profissionais do SAMU saíram para atender a uma criança de 7 anos que está com a doença
[VÍDEO] Jaraguá do Sul registra 539 casos confirmados de coronavírus
Geral

Ciclone causou prejuízo de quase R$ 13 milhões para a agricultura

Os bananicultores foram os mais atingidos
Ciclone causou prejuízo de quase R$ 13 milhões para a agricultura
Ver mais de Geral