#ficaemcasa
Geral

Planos de saúde devem mudar contrato para médico cobrar adicional por parto, determina ANS

17 Jan 2013 - 11h54

Para que os médicos possam cobrar um valor adicional pelo parto, operadoras de plano de saúde deverão mudar os contratos com os obstetras. É o que determina parecer divulgado hoje (16) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Vacinação


A ANS entende que as operadoras de plano de saúde devem reformular os contratos com os médicos deixando claro o serviço para qual o profissional está contratado,  pré-natal ou pré-natal e parto, e devem deixar essas informações bem claras para as beneficiárias.

A agência alega que as beneficiárias de planos de saúde têm direito a todos os procedimentos da segmentação obstétrica descritos no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, que determina a cobertura mínima obrigatória da atenção à saúde nos planos privados, sem nenhum gasto além do previsto no contrato.

Em novembro de 2012, o Conselho Federal de Medicina emitiu parecer no qual considera ético o médico obstetra cobrar pelo acompanhamento do trabalho de parto de pacientes que são beneficiárias de planos de saúde. O conselho alega que os profissionais conveniados recebem apenas pelas consultas e pelo procedimento do parto, e não pelo acompanhamento de parto. Para o conselho, caso a paciente não queira pagar esse valor, ela pode fazer seu parto com um médico plantonista.


O conselho prevê que o acompanhamento do parto pode ser fechado entre médico e paciente na primeira consulta, na qual o profissional deve mostrar à paciente que o plano de saúde assegura a cobertura obstétrica, mas não lhe dá o direito de fazer o parto com o mesmo obstetra que fez o pré-natal.

AGÊNCIA BRASIL

Matérias Relacionadas

Coronavírus

Brasil registra 800 mortes pelo novo coronavírus

São Paulo concentra o maior número de pessoas mortas pela covid-19
Brasil registra 800 mortes pelo novo coronavírus
Coronavírus

[AO VIVO] Governo detalha medidas de combate ao coronavírus

Liberação de saques do FGTS e ações na saúde são destaques
[AO VIVO] Governo detalha medidas de combate ao coronavírus
Guaramirim

Boletim epidemiológico sobre o coronavírus 08/04/2020

Guaramirim já realizou 23 coletas sendo 19 descartadas, três resultados ainda não divulgados e um testou positivo para a doença
Boletim epidemiológico sobre o coronavírus 08/04/2020
Santa Catarina

Coronavírus em SC: Estado conta com 220 leitos de UTI novos para pacientes com Covid-19

Unidades de todas as regiões, em 21 municípios, já tiveram a capacidade de internações ampliada
Coronavírus em SC: Estado conta com 220 leitos de UTI novos para pacientes com Covid-19
Ver mais de Geral