Geral

Petrobras afirma que não encontrou óleo próximo a plataforma

18 Mai 2012 - 13h31

A Petrobras informou na noite de quinta-feira (17) que não encontrou mancha de óleo nas proximidades da plataforma P-57 e que todas suas unidades no litoral do Espírito Santo "operam dentro da normalidade".


O comunicado foi feito logo após a ANP (Agência Nacional do Petróleo), órgão regulador do setor, informar que não havia registrado nenhuma mancha, depois de um voo que realizou na região em conjunto com a Marinha Brasileira.

"A Petrobras, a partir de notícia de suposta mancha de óleo nas proximidades da plataforma P-57, procedeu esta tarde [ontem] a verificação in loco e confirma a normalidade de suas operações na região", informou a empresa.

Segundo a estatal, "todos os sistemas de controle das unidades marítimas de produção e de perfuração a serviço da companhia no litoral do Espírito Santo" funcionam sem problemas.

Por solicitação da Capitania dos Portos do Espírito Santo, a Petrobras realizou sobrevoo no final da manhã de quinta e "não foi constatada mancha de óleo na região", disse a empresa.

A presença de óleo em alto-mar teria sido identificada pela própria Marinha, que informou mais cedo que "uma equipe de inspeção naval da Capitania dos Portos do Espírito Santo foi deslocada para área para verificar a extensão da mancha", nas proximidades da plataforma P-57, no campo de Jubarte.

O Ibama, órgão federal de proteção ao meio-ambiente, disse mais cedo ontem que foi informado pela Petrobras na quarta-feira sobre um possível derramamento.

Petroleiros voltando do trabalho relataram uma mancha de aproximadamente um quilômetro no oceano perto da plataforma P-57, operada pela Petrobras, segundo informou na quarta-feira a Folha.com.


Procuradas, nem Petrobras nem ANP estavam disponíveis para esclarecer a hipótese de que a mancha tenha existido e que pudesse ter sido dispersa por algum procedimento.

A P-57, convertida em plataforma a partir de um navio-tanque, opera no campo de Jubarte a cerca de 85 quilômetros da costa.

Jubarte é o quarto maior campo produtor no país. Quando soma-se o gás natural, Jubarte produz o equivalente a 198 mil barris de petróleo por dia.

As ações preferenciais da Petrobras, as mais negociadas da companhia, caíram 4,46% na quinta-feira, a R$ 18,43, cotação mais baixa desde outubro. No mesmo dia, o Ibovespa fechou com queda de 3,31%.

FOLHA.COM.BR

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Lez a Lez lança acessório fashionista com toda renda revertida para ONGs de apoio à causa animal

A iniciativa surgiu como uma forma de colaborar com as instituições que enfrentam ainda mais dificuldades em manter o trabalho de resgate e acolhimento a pets abandonados
Lez a Lez lança acessório fashionista com toda renda revertida para ONGs de apoio à causa animal
Geral

Comunicador Fred Ulrich morre aos 71 anos

Por mais de 15 anos, ele comandou o programa Deutsche Music na Rádio Jaraguá levando o melhor da música e cultura germânica
Comunicador Fred Ulrich morre aos 71 anos
Geral

Equipe técnica faz mapeamento das nascentes em Jaraguá

Técnicos de empresa contratada pela Prefeitura precisam entrar nas propriedades particulares para cadastrar as nascentes. Secretário pede a colaboração dos proprietários pela importância do levantamento
Equipe técnica faz mapeamento das nascentes em Jaraguá
Geral

Leão baio invade propriedade e assusta moradores em Ituporanga

O animal invadiu um terreno no bairro Cerro Negro e não conseguiu mais sair. Segundo informações dos bombeiros, no local haviam alguns pavões
Leão baio invade propriedade e assusta moradores em Ituporanga
Ver mais de Geral