Imobiliária Coralli
Geral

Período impede repasses e muda rotina dos órgãos públicos

18 Jul 2012 - 17h58

A eleição eleitoral não pode ser vista como um entrave para as administrações municipais, mas ela impede o repasse de recursos federais e estaduais aos municípios e destes para entidades locais, mesmo as reconhecidas de utilidade pública.


Na Secretaria de Desenvolvimento Regional, por exemplo, de acordo com o secretário Lio Tirone, todos os repasses que estavam previstos do governo do Estado para os municípios da microrregião foram feitos antes da entrada em vigor do período eleitoral.

[jwplayer mediaid="72659"] 

Na Assembléia Legislativa de Santa Catarina a legislação eleitoral e principalmente o período eleitoral, mudam também a rotina dos deputados conforme destaca o parlamentar Carlos Chiodini.

[jwplayer mediaid="72657"]

Informações com Rogério Tallini.

{Player#4} 

 

Matérias Relacionadas

Economia

FGV: confiança do empresário sobe pelo terceiro mês seguido

Taxa subiu 7,1 pontos de junho para julho
FGV: confiança do empresário sobe pelo terceiro mês seguido
Economia

População desocupada sobe para 12,4 milhões em julho, diz IBGE

Dados fazem parte da Pnad covid-19 divulgada hoje pelo instituto
População desocupada sobe para 12,4 milhões em julho, diz IBGE
Saúde

Pesquisadores desenvolvem tecido capaz de matar o vírus da covid-19

O estudo está sendo efetuado por institutos brasileiros
Pesquisadores desenvolvem tecido capaz de matar o vírus da covid-19
Santa Catarina

Estiagem em SC: Com chuva mal distribuída, municípios continuam em alerta

Conforme dados, entre 286 municípios monitorados, 214 estão em estado de normalidade, 56 em atenção, 13 em alerta e 3 em crítico
Estiagem em SC: Com chuva mal distribuída, municípios continuam em alerta
Ver mais de Geral