GNet
Vereadores

Pelo menos 68 parlamentares foram para a cadeia em todo o país nos últimos seis meses

07 Mar 2016 - 12h48
Com menos de 10 mil habitantes, Centralina, no Triângulo Mineiro, a 668 quilômetros de BH, ganhou fama no início deste ano ao ter todos os seus nove vereadores presos de uma única vez. Mas a prisão daqueles que foram eleitos para, justamente, elaborar leis e fiscalizar o cumprimento delas não se trata de caso isolado. Levantamento do Estado de Minas mostra que, nos últimos seis meses, pelo menos 68 parlamentares de todo o país foram parar atrás das grades por cometer algum crime. A corrupção é somente um dos delitos, que vão desde desacato a autoridades, porte ilegal de arma e tráfico de drogas até estupro.

Não há, oficialmente, pesquisa ou banco de dados que indique quantos são os parlamentares que se envolveram em crimes, seja na Justiça eleitoral ou na Justiça comum. As páginas de jornais e sites de notícias, entretanto, indicam que vereadores frequentam mais do que se imagina as seções policiais. De setembro para cá, foram quase sete dezenas deles foi alvo de reportagens por acusação de cometer algum crime.

O caso mais célebre fica por conta dos nove vereadores de Centralina, que foram afastados em ação do Grupo de Atuação Especial do Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de Minas Gerais. Eles continuam presos, suspeitos de fraudar notas de diárias de viagens que nunca foram feitas pelos parlamentares. Mas os crimes não ficam restritos à esfera eleitoral. Há vereador preso por assalto, por participação em assassinato, caça de animais silvestres, atuação ilegal de profissão – o vereador se passava por dentista.

Em Eirunepé (AM), um vereador foi preso depois de arrombar portas de um hotel e ameaçar pessoas com uma faca. Ele entrou no hotel dizendo que mataria um homem que estava hospedado lá. Em Aral Moreira (MS), um parlamentar foi detido pela Polícia Federal (PF) suspeito de integrar uma organização criminosa de tráfico internacional de drogas. Em Apicum-Açu (MA), um parlamentar foi encontrado com 3,5kg de crack.

A violência contra a mulher também foi motivo para prisão de parlamentares. Um deles agrediu e ameaçou matar a esposa. O outro descumpriu medida protetiva da Lei Maria da Penha, ao se aproximar a menos de 500 metros da ex-companheira. Dois vereadores também foram acusados de estupro de menores.

O desrespeito à Lei Seca, que impede motoristas de dirigirem bêbados, foi a razão da prisão de pelo menos três parlamentares. Em Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), o vereador Eduardo Cunha (PRB), homônimo do presidente da Câmara dos Deputados, foi preso após acusação de ter atropelado um ciclista. Segundo testemunhas, ele apresentava sinais de embriaguez. A semelhança do nome causou burburinho, já que o deputado está no alvo da Operação Lava-Jato.

O Brasil conta com 57.377 vereadores em seus 5.570 municípios. Cada parlamentar custa, em média, R$ 175 mil por ano aos cofres públicos. Conforme o número de habitantes, o salário máximo dos parlamentares varia entre 20% e 60% do subsídio dos deputados estaduais, com a condição de não extrapolar 5% do orçamento do município.

 

Fonte: Jornal Estado de Minas
GNet

Matérias Relacionadas

Educação

Secretaria de Educação de Jaraguá divulga cronograma para cadastramento nos CMEIs

No dia 10 de fevereiro haverá a divulgação da lista e posterior chamada das crianças para as vagas 2022
Secretaria de Educação de Jaraguá divulga cronograma para cadastramento nos CMEIs
Economia

95% dos ambulantes de fora de Jaraguá têm registros policiais

Dados são do Setor de Posturas da Prefeitura. Novo decreto deve regulamentar a atividade no município.
95% dos ambulantes de fora de Jaraguá têm registros policiais
Política

Governo vai autorizar início da obra de revitalização da SC 110 na sexta-feira

Vicente Caropreso se reuniu com governador na terça-feira (26) para tratar da assinatura da ordem de serviço e de outras pautas da região
Governo vai autorizar início da obra de revitalização da SC 110 na sexta-feira
Esportes

Corupá sedia pedal inaugural do Circuito Vale dos Encantos no sábado

A concentração para o pedal está marcada para às 8h30, com saída às 9h
Corupá sedia pedal inaugural do Circuito Vale dos Encantos no sábado
Ver mais de Geral