Condenado

Pedreiro é condenado a 16 anos e meio de prisão por homicídio

15 Fev 2013 - 19h41

O pedreiro Juarez Karachowski, 26 anos, foi condenado a 16 anos e seis meses de prisão pelo assassinato da ex-companheira Lucineri Gonçalves da Silva, 22 anos. O júri de Karachowski aconteceu nesta sexta-feira (15), no Fórum da Comarca de Jaraguá do Sul. A condenação por homicídio foi com base no Artigo 121 do Código Penal, parágrafo 2º, incisos 1 e 3, ou seja, o homicídio foi por ela negar-se à reconciliação. Os jurados entenderam que ele usou meio cruel para matar a ex-companheira.


O homicídio aconteceu em 12 de abril do ano passado, na casa onde Lucineri morava, no bairro Estrada Nova. Ela foi morta com dez facadas nas costas e na frente da filha do casal, de apenas quatro anos. A arma usada por Juarez foi uma faca de cozinha com lâmina de 20 centímetros, que entortou com a força feita por ele.

(ROGÉRIO TALLINI)

Matérias Relacionadas

Guaramirim

Rua Pedro Francisco Klein estará interditada a partir do dia 1º

As obras têm previsão de até 75 dias podendo se alongar devido a intempéries
Rua Pedro Francisco Klein estará interditada a partir do dia 1º
Saúde

Jaraguá tem 109 casos confirmados de covid-19

Cidade tem 64 pacientes recuperados da doença
Jaraguá tem 109 casos confirmados de covid-19
Geral

Desmatamento na Mata Atlântica cresce 27,2%, diz relatório

Minas Gerais Gerais lidera a lista dos estados que mais desmataram
Desmatamento na Mata Atlântica cresce 27,2%, diz relatório
Coronavírus

Planos de saúde incluirão mais 6 exames na lista obrigatória

Decisão da ANS ainda precisa ser publicada no Diário Oficial
Planos de saúde incluirão mais 6 exames na lista obrigatória
Ver mais de Geral