Premix Concreto
Condenado

Pedreiro é condenado a 16 anos e meio de prisão por homicídio

15 Fev 2013 - 19h41

O pedreiro Juarez Karachowski, 26 anos, foi condenado a 16 anos e seis meses de prisão pelo assassinato da ex-companheira Lucineri Gonçalves da Silva, 22 anos. O júri de Karachowski aconteceu nesta sexta-feira (15), no Fórum da Comarca de Jaraguá do Sul. A condenação por homicídio foi com base no Artigo 121 do Código Penal, parágrafo 2º, incisos 1 e 3, ou seja, o homicídio foi por ela negar-se à reconciliação. Os jurados entenderam que ele usou meio cruel para matar a ex-companheira.


O homicídio aconteceu em 12 de abril do ano passado, na casa onde Lucineri morava, no bairro Estrada Nova. Ela foi morta com dez facadas nas costas e na frente da filha do casal, de apenas quatro anos. A arma usada por Juarez foi uma faca de cozinha com lâmina de 20 centímetros, que entortou com a força feita por ele.

(ROGÉRIO TALLINI)

Matérias Relacionadas

Geral

Em live, Bolsonaro pede que população economize energia elétrica

Presidente alertou sobre baixo nível de reservatórios
Em live, Bolsonaro pede que população economize energia elétrica
Geral

Jaraguá amplia horário de ônibus aos sábados

Medida segue até o Natal, por conta do horário especial do comércio
Jaraguá amplia horário de ônibus aos sábados
Geral

Sanitização continua em espaços públicos de Jaraguá do Sul

Nesse momento, em que o número de casos de covid-19 apresenta crescimento, a área de atuação foi ampliada
Sanitização continua em espaços públicos de Jaraguá do Sul
Geral

Defesa Civil de Jaraguá registra três ocorrências após temporal

Não houve vítimas, apenas danos materiais
Defesa Civil de Jaraguá registra três ocorrências após temporal
Ver mais de Geral