Geral

Pagot não tem condições de ficar, diz Blairo

20 Jul 2011 - 11h33

O senador Blairo Maggi (PR-MT) admitiu na terça-feira (19) em Cuiabá que seu afilhado político Luiz Antonio Pagot, que deve ser afastado da direção do Dnit, não tem mais "condições políticas" de permanecer no cargo.


"Por maior capacidade técnica e de trabalho que tenha o Pagot, não vejo condições políticas para a continuidade dele à frente do órgão", disse o senador.

Blairo negou que a crise na pasta dos Transportes vá alterar seu posicionamento em relação ao governo.

"A minha posição não é de mudança de postura ou de ir para oposição. A presidente tem que ter autonomia de montar uma nova equipe, sem contemporizar com aliado", afirmou.

A insatisfação que havia, disse Blairo, foi amenizada na terça-feira com o anúncio da exoneração de toda a cúpula do Dnit. Segundo ele, seria "injusto" responder sozinho por "decisões colegiadas".


"Da forma como estava sendo feita era uma injustiça. Ou seja: somente o afastamento do Pagot. Se era um colegiado e um colegiado por unanimidade, todos acertam e todos erram. Então, cai todo mundo", disse.

Questionado sobre a reportagem da Folha que mostrou que a empreiteira do irmão do superintendente do Dnit em Mato Grosso, Nilson de Brito, fechou contratos de R$ 26 milhões com o órgão, Blairo disse que não estava "a par do assunto".

Fonte: Folha SP

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

STJ decide que condomínio pode proibir locação por meio de aplicativo

Decisão vale somente para o caso concreto
STJ decide que condomínio pode proibir locação por meio de aplicativo
Geral

Decreto prorroga auxílio emergencial aos trabalhadores da cultura

Nova norma afasta incertezas sobre benefício da Lei Aldir Blanc
Geral

Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões

Número é maior que população porque muitos têm mais de um chip
Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões
Geral

Quem vai se vacinar também pode ajudar com um quilo de alimento

Campanha Vacina Ação Solidária inicia nesta terça-feira (6) no Pavilhão A do Parque Municipal de Eventos. Quem for se vacinar, pode levar um quilo de alimento não perecível. Se puder e quiser
Quem vai se vacinar também pode ajudar com um quilo de alimento
Ver mais de Geral