Mês do Trânsito - Rádio
Geral

Operação contra o tráfico e corrupção detém 14 suspeitos no Rio

11 Abr 2012 - 17h15

Subiu para 14 o número de pessoas detidas durante a operação deflagrada na manhã desta quarta-feira contra suspeitos de associação para o tráfico de drogas e corrupção ativa no Rio e em São Paulo. Entre os detidos há 12 adultos e dois adolescentes.


Segundo o Ministério Público do Rio, todas as prisões contabilizadas até o momento ocorreram no Rio. Ainda não há um balanço das pessoas presas em São Paulo.

Ao todo, foram expedidos 19 mandados de prisão temporária e 20 de busca e apreensão, que deverão ser cumpridos nos municípios do Rio, Duque de Caxias, Teresópolis, Araruama, Rio das Ostras e em São Paulo.

A operação foi deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público do Estado do Rio e a CI (Coordenadoria de Inteligência) da Polícia Militar.

Na região serrana, cerca de 50 policiais do 30º Batalhão da PM realizam uma incursão na favela da Coreia, com o auxílio de cães farejadores. Eles buscam por traficantes que migraram da favela do Mandela, no Complexo da Maré. Um dos chefes do tráfico local, conhecido pelo apelido de Bin Laden, está entre os presos. Foi apreendida grande quantidade de maconha e cocaína na região.

As investigações, segundo o Gaeco, começaram em novembro do ano passado, em Teresópolis, após traficantes tentarem subornar PMs para que o tráfico na região não fosse reprimido. Os policiais levaram o caso ao Ministério Público. Os investigadores concluíram que a favela Mandela é um dos principais pontos de distribuição de drogas para diferentes bairros e municípios do Rio de Janeiro.


A investigação demonstrou que em razão da implementação das UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) e a prisão de muitos integrantes de facções criminosas, traficantes constituíram um aliança com uma facção que age em São Paulo, de onde passaram a trazer parte do material entorpecente, afirmou em nota o Ministério Público.

Desde o início da manhã, cerca de 500 policiais militares do Bope (Batalhão de Operações Especiais), do Batalhão de Choque, da Coordenadoria de Inteligência, do Grupamento Aéreo e Marítimo, do Batalhão de Ações com Cães e do 30º Batalhão da PM participam das buscas pelos suspeitos, com o apoio dos promotores do Gaeco.

FOLHA.COM.BR

Matérias Relacionadas

Geral

Escritora jaraguaense lança primeiro livro percorrendo temas como os amores tóxicos e o empoderamento feminino

O livro está disponível para compra no site da Amazon. Na quarta-feira (30), em comemoração ao aniversário da autora, todos os usuários poderão baixá-lo sem custo
Escritora jaraguaense lança primeiro livro percorrendo temas como os amores tóxicos e o empoderamento feminino
Geral

AMA segue com Pedágio Digital

Presidente da entidade, Tânia Krause, participou ao vivo do Diário da Jaraguá desta terça-feira
AMA segue com Pedágio Digital
Saúde

Jaraguá do Sul registra 39ª morte em decorrência do coronavírus

Nas últimas 48 horas foram 34 novos casos e 31 pessoas recuperadas
Jaraguá do Sul registra 39ª morte em decorrência do coronavírus
Santa Catarina

TRE-SC registra número recorde de candidatos nas Eleições 2020

Até o meio-dia desta segunda-feira (28), haviam 21.422 pedidos de registro de candidaturas no estado, o que representa um aumento de 21,45% em comparação com as eleições municipais de 2016
TRE-SC registra número recorde de candidatos nas Eleições 2020
Ver mais de Geral