Segurança

Operação conjunta prende traficantes e 400 pedras de crack

17 Dez 2012 - 11h22

Depois de semanas de monitoramento de suspeitos de tráfico de entorpecentes, policiais militares e civis atuaram juntos para cumprir um mandado judicial de busca e apreensão em três residências na cidade de Guaramirim. O resultado foi à apreensão de um adolescente de 17 anos, que estava foragido do CIP (Centro de Internação Provisório) de Laguna, local em que deveria cumprir medida socioeducativa, por envolvimento com tráfico de drogas, a prisão de um suposto traficante e a apreensão de cerca de 400 pedras de crack.


Por volta das 6 horas, da última sexta-feira (14), as equipes formadas por policiais militares da Subagência de Inteligência da Segunda Companhia do 14º Batalhão de Polícia Militar (2ªCia/14ºBPM) e agentes da Polícia Civil da Delegacia de Guaramirim, deslocaram para o cumprimento da ordem Judicial. Na residência da Otto Lemke, bairro Amizade, casa do principal suspeito de tráfico na cidade, os policiais localizaram 90 gramas de crack, a droga se dividida para comércio, poderia ser multiplicada em até 400 pedras, também foram apreendidos 10 gramas de cocaína. Na casa estavam cinco pessoas, entre elas, o acusado por tráfico de 29 anos, todas foram encaminhadas à Delegacia. O menor infrator foi localizado na residência de outro suspeito, na rua Valentin Bruhmuller, ele estava na companhia de outros usuários de drogas, com o foragido foi encontrada certa quantidade de maconha. O proprietário da casa não estava no momento da abordagem. O adolescente foi mais uma vez apreendido e conduzido à Delegacia de Polícia.

(Imprensa/14ºBPM)

Matérias Relacionadas

Geral

Depois de 200 anos, jabutis voltam ao Parque Nacional da Tijuca no Rio

É a terceira espécie reintroduzida no local desde 2010 pelo Refauna
Depois de 200 anos, jabutis voltam ao Parque Nacional da Tijuca no Rio
Economia

Seguradora diz ter recebido 386 mil pedidos de restituição do Dpvat

Prazo para pedir valor pago a mais acaba no fim do exercício de 2020
Seguradora diz ter recebido 386 mil pedidos de restituição do Dpvat
Geral

Brasileiro não precisa mais de visto para visitar o Catar

Brasil e Catar vão permitir que seus habitantes permaneçam em território sem visto de entrada por um período máximo de 90 dias por 12 meses
Brasileiro não precisa mais de visto para visitar o Catar
Mundo

Incêndio: Austrália vai investir 1,24 bilhão na indústria do turismo

Morrison explicou que pretende dar "um grande impulso" à indústria turística, mas disse que o plano será detalhado na próxima semana
Incêndio: Austrália vai investir  1,24 bilhão na indústria do turismo
Ver mais de Geral