Retrospectiva

O que foi notícia há um ano no Jornal da Jaraguá

14 Fev 2013 - 11h14




Um veículo desgovernado invadiu o pátio de uma casa no bairro Ilha da Figueira em Jaraguá do Sul na manhã do dia 14 de fevereiro do ano passado. Apesar do susto, ninguém se feriu.


Noticiamos há um ano aqui no Jornal da Jaraguá que as irmãs gêmeas Dafini e Stefani, que se queimaram em incêndio no dia 9 de janeiro, ainda se recuperavam das queimaduras em Florianópolis.

Também era notícia o início da coleta seletiva de lixo em Schroeder.

Há um ano, iniciava a pavimentação da rua 28 de Agosto, a principal via do Centro de Guaramirim.

Em 14 de fevereiro do ano passado, informávamos no Jornal da Jaraguá que o ano letivo na rede estadual de ensino estava começando naquele dia. A história se repete: hoje, milhares de alunos, professores, diretores e funcionários das redes estadual e municipal de ensino estão começando o ano letivo de 2013. Boa sorte a todos.


Nos dois primeiros meses de 2012, Jaraguá do Sul tinha detectados dois focos do mosquito transmissor da dengue.

Também era notícia há exatamente um ano que a então prefeita Cecília Konell concedia 8% de reajuste salarial aos funcionários públicos municipais de Jaraguá do Sul.

Na manhã de 14 de fevereiro de 2012, foi encontrado o corpo da adolescente de 13 anos que morreu afogada no rio Itapocuzinho. Caroline Martendal, estava desaparecida havia três dias.

ROGÉRIO TALLINI

Matérias Relacionadas

Geral

Depois de 200 anos, jabutis voltam ao Parque Nacional da Tijuca no Rio

É a terceira espécie reintroduzida no local desde 2010 pelo Refauna
Depois de 200 anos, jabutis voltam ao Parque Nacional da Tijuca no Rio
Economia

Seguradora diz ter recebido 386 mil pedidos de restituição do Dpvat

Prazo para pedir valor pago a mais acaba no fim do exercício de 2020
Seguradora diz ter recebido 386 mil pedidos de restituição do Dpvat
Geral

Brasileiro não precisa mais de visto para visitar o Catar

Brasil e Catar vão permitir que seus habitantes permaneçam em território sem visto de entrada por um período máximo de 90 dias por 12 meses
Brasileiro não precisa mais de visto para visitar o Catar
Mundo

Incêndio: Austrália vai investir 1,24 bilhão na indústria do turismo

Morrison explicou que pretende dar "um grande impulso" à indústria turística, mas disse que o plano será detalhado na próxima semana
Incêndio: Austrália vai investir  1,24 bilhão na indústria do turismo
Ver mais de Geral