Imobiliária Coralli
Gripe A

Número de mortes por Gripe A em Santa Catarina sobe para 62 e casos para 685

20 Jul 2012 - 11h25

O último relatório da Diretoria de Vigilância Epidemilógica (Dive) de Santa Catarina, atualizado em 17 de julho,  traz dez novas mortes pelo vírus H1N1 totalizando 62 em todo o Estado. O número de casos também aumentou para 685. Os números mostram que o vírus está mais forte, ou seja, a taxa de mortalidade passou de 7% para 9%. O das outras gripes conhecidas como comuns está bem abaixo com apenas 167 casos e seis mortes.  Desde 2009, quando 144 pessoas morreram em decorrência da infecção, o Estado não registrava um número tão elevado. As últimas 10 mortes deste ano foram registradas nas seguintes cidades: duas em Fraiburgo, duas Blumenau, uma Videira, uma em Capivari de Baixo, uma em São José, uma em Florianópolis, uma em Ituporanga e uma em Criciuma. Na regional de Jaraguá do Sul, de acordo com a Gerencia em Saúde, nenhum óbito foi registrado, porém foi confirmado que sete pessoas contraíram a doença e onze foram internadas com suspeitas de terem contraído o vírus H1N1, sendo que destes três já foram descartados e os demais aguardam o resultado dos exames. 

Matérias Relacionadas

Geral

Auxilio emergencial para trabalhadores da Cultura deve ser solicitado diretamente à Fundação Catarinense de Cultura

Auxilio emergencial para trabalhadores da Cultura deve ser solicitado diretamente à Fundação Catarinense de Cultura
Economia

Impactos negativos da covid-19 nas empresas diminuíram em agosto

Empresas de todos os portes relataram a melhora na percepção, diz IBGE
Impactos negativos da covid-19 nas empresas diminuíram em agosto
Educação

Após concluir avaliação semestral, Educação estima apoio pedagógico para 26% dos alunos da rede

Em decorrência da adaptação ao regime especial de atividades não presenciais, por conta da pandemia do coronavírus, neste ano os alunos foram avaliados por semestre, em vez da avaliação trimestral
Após concluir avaliação semestral, Educação estima apoio pedagógico para 26% dos alunos da rede
Saúde

Outubro Rosa chama a atenção para o diagnóstico precoce do câncer de mama

Em Jaraguá do Sul, a Rede Feminina de Combate ao Câncer está à frente da Campanha que neste ano traz o tema “ A vida muda em um toque”
Outubro Rosa chama a atenção para o diagnóstico precoce do câncer de mama
Ver mais de Geral