GNet
Homens

Novembro Azul destaca a importância dos cuidados com a saúde do homem

09 Nov 2015 - 16h55

Homens vivem, em média, sete anos menos que as mulheres e têm mais doenças do coração, câncer, diabetes, colesterol e pressão arterial elevadas, além de tendência à obesidade e ao sedentarismo.


Nesse sentido, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e o Governo Federal esperam, por meio da implantação da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, que pelo menos 2,5 milhões de homens na faixa etária de 20 a 59 anos procurem o serviço de saúde ao menos uma vez por ano. Um dos principais objetivos é promover ações que contribuam para a compreensão da realidade singular masculina e propiciar um melhor acolhimento no Sistema Único de Saúde (SUS).

GNet

Matérias Relacionadas

Saúde

Liberação do uso de máscaras deve iniciar por parques, praças e praias em SC

O Estado está organizado para suprir as necessidades em 2022, como o calendário vacinal, UTIs especificas e centros de recuperação pós-pandemia.
Liberação do uso de máscaras deve iniciar por parques, praças e praias em SC
Geral

Prefeitura de Guaramirim apoia Feira de Adoção de Animais que ocorre neste sábado

A feirinha de adoção de animais ocorre nas dependências da Sala Verde, ao lado da Biblioteca Pública Municipal
Prefeitura de Guaramirim apoia Feira de Adoção de Animais que ocorre neste sábado
Geral

Uvel Chevrolet recebe premiação inédita da General Motors do Brasil

A premiação Classe A é concedida a apenas 15% das mais de 600 concessionárias Chevrolet no Brasil
Uvel Chevrolet recebe premiação inédita da General Motors do Brasil
Geral

Maior cometa já identificado pela ciência está vindo em direção à Terra

Corpo celeste é mais de 30 vezes maior do que os cometas geralmente vistos pelos cientistas, ele tem 150 km de diâmetro.
Maior cometa já identificado pela ciência está vindo em direção à Terra
Ver mais de Geral