Parceria

Nova fábrica de lajotas vai empregar um número maior de detentos

24 Jun 2011 - 15h45

Uma parceria entre a Prefeitura de Jaraguá do Sul e o Conselho Penitenciário, vai viabilizar trabalho para um número maior de detentos do presídio regional e economia para a prefeitura. É que até o fim deste ano deve entrar em funcionamento a fábrica nova de lajotas, meio-fios, casas pré-fabricadas e tubos, em um terreno da prefeitura localizado na frente do presídio. Até agosto começa a construção das novas instalações da fábrica, que hoje funciona dentro do presídio.


Com isso, conforme o presidente do Conselho Penitenciário, Álvaro Leitholdt, o número de detentos trabalhando na fábrica passará de 12 para 60. Ele destaca a importância da parceria com a prefeitura, que entrará com 60% dos custos da construção das novas instalações da fábrica e também de uma guarita na rua de acesso ao presídio, obras que devem iniciar até agosto.

[jwplayer mediaid="91827"]

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

STJ decide que condomínio pode proibir locação por meio de aplicativo

Decisão vale somente para o caso concreto
STJ decide que condomínio pode proibir locação por meio de aplicativo
Geral

Decreto prorroga auxílio emergencial aos trabalhadores da cultura

Nova norma afasta incertezas sobre benefício da Lei Aldir Blanc
Geral

Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões

Número é maior que população porque muitos têm mais de um chip
Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões
Geral

Quem vai se vacinar também pode ajudar com um quilo de alimento

Campanha Vacina Ação Solidária inicia nesta terça-feira (6) no Pavilhão A do Parque Municipal de Eventos. Quem for se vacinar, pode levar um quilo de alimento não perecível. Se puder e quiser
Quem vai se vacinar também pode ajudar com um quilo de alimento
Ver mais de Geral