Geral

Nova fábrica de lajotas vai empregar um número maior de detentos

18 Jun 2011 - 13h14

Uma parceria entre a Prefeitura de Jaraguá do Sul e o Conselho Penitenciário, vai viabilizar trabalho para um número maior de detentos do presídio regional e economia para a prefeitura. É que até o fim deste ano deve entrar em funcionamento a fábrica nova de lajotas, meio-fios, casas pré-fabricadas e tubos, em um terreno da prefeitura localizado na frente do presídio. Até agosto começa a construção das novas instalações da fábrica, que hoje funciona dentro do presídio. Com isso, conforme o presidente do Conselho Penitenciário, Álvaro Leitholdt, o número de detentos trabalhando na fábrica passará de 12 para 60. Ele destaca a importância da parceria com a prefeitura, que entrará com 60% dos custos da construção das novas instalações da fábrica e também de uma guarita na rua de acesso ao presídio, obras que devem iniciar até agosto.

[jwplayer mediaid="92020"]

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

Legislativo jaraguaense completa 85 anos nesta quarta

Hoje o Legislativo está em sua 20ª legislatura e 169 pessoas já tiveram a incumbência de exercer a vereança no município. Dez delas, mulheres.
Legislativo jaraguaense completa 85 anos nesta quarta
Geral

Dose solidária: prefeituras se unem em campanha de arrecadação de alimentos

Doações podem ser feitas nos pontos de vacinação contra a Covid-19
Dose solidária: prefeituras se unem em campanha de arrecadação de alimentos
Geral

STJ decide que condomínio pode proibir locação por meio de aplicativo

Decisão vale somente para o caso concreto
STJ decide que condomínio pode proibir locação por meio de aplicativo
Geral

Decreto prorroga auxílio emergencial aos trabalhadores da cultura

Nova norma afasta incertezas sobre benefício da Lei Aldir Blanc
Ver mais de Geral