transito
Geral

Mutirão de limpeza de postes já removeu 13 toneladas de cabos em Jaraguá do Sul

Somente nesta semana foram retiradas duas toneladas de fios em um trajeto de 1,4 km na rua Bertha Weege

24 Mai 2024 - 09h20Por Janici Demetrio
Mutirão de limpeza de postes já removeu 13 toneladas de cabos em Jaraguá do Sul - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Em nova edição do mutirão de limpeza dos postes que está acontecendo em Jaraguá do Sul, entre a Celesc e empresas de telefonia, mais duas toneladas de cabos sem utilização foram removidas dos postes na última quarta-feira (22). O material foi recolhido na Rua Bertha Weege, bairros Jaraguá 99 e Jaraguá 84, em um trajeto de 1,4 km. Com esse montante, o total de cabos removidos de postes na cidade ultrapassam as 13 toneladas.

As ações tiveram início em março do ano passado, quando começaram a ser realizados mutirões de limpeza de postes em Jaraguá do Sul. Desde então, já são mais de 60 km de redes higienizadas. As ações estão previstas em um Protocolo de Cooperação Técnica (PCT) firmado no ano passado entre Celesc, empresas de telefonia, Ministério Público e Prefeitura.

Os bairros Centro, Vila Lalau, Amizade, Água Verde, Barra do Rio Molha, Barra do Rio Cerro, Baependi, São Luís e Jaraguá Esquerdo estão entre os que mais receberam os mutirões. Parte das ações são realizadas com base em reclamações recebidas pelo site aprovi.org, cuja criação estava prevista no Protocolo. Os trabalhos têm sido realizados todas as quartas-feiras desde 22 de março do ano passado, exceto quando há impedimentos por conta das chuvas. 

O gerente regional da Celesc em Jaraguá do Sul, Danilson Agnaldo Mendes Wolff, avalia positivamente os avanços realizados.

“São medidas que trazem segurança seja para as equipes que trabalham diretamente nas redes ou para a população em geral. As melhorias no sistema são resultado do comprometimento de todas as partes envolvidas no PCT”, diz.

Apesar dos resultados satisfatórios, o gerente lamenta que algumas empresas não tenham aderido ao Protocolo, fazendo com que alguns problemas ainda dependam “da rotina de notificação e multa”. Ao longo do período dos mutirões foram geradas mais de 1.400 notificações de empresas que foram identificadas como as proprietárias de cabos em situação irregular.

Após ser notificada, a empresa compartilhadora tem seu cadastro inserido no SUI (Sistema de Usuário de Infraestrutura) que bloqueia as análises de novos projetos junto a Celesc. Caso a situação não seja regularizada, a empresa é multada conforme contrato.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e região? Participe dos nossos grupos do WhatsApp ou no Telegram

Sintonize, siga e curta a Rádio Jaraguá em todas as plataformas

Insta: @radiojaragua

Face: /fmjaragua

Site: www.diariodajaragua.com.br

Matérias Relacionadas

Trânsito

Rocha se desprende e fecha temporariamente a subida do Molha, em Jaraguá do Sul 

Defesa Civil e Secretaria de Obras liberaram a passagem ainda na tarde desta segunda-feira (24)
Rocha se desprende e fecha temporariamente a subida do Molha, em Jaraguá do Sul 
Geral

Quantos pontos posso ter na CNH?

Confira as regras!
Quantos pontos posso ter na CNH?
Saúde

Ortopedistas alertam para risco de queda de idosos; saiba como evitar

Dia Mundial de Prevenção de Quedas em Idosos é lembrado nesta segunda
Ortopedistas alertam para risco de queda de idosos; saiba como evitar
Geral

ACIJS comemora com associados e comunidade 86 anos de compromisso com Jaraguá do Sul

Para celebrar os 86 anos, a ACIJS promove nesta segunda-feira (24), edição especial do Encontro Empresarial com palestra de Hilton José da Veiga Faria, ex-diretor de Recursos Humanos da WEG
ACIJS comemora com associados e comunidade 86 anos de compromisso com Jaraguá do Sul
Ver mais de Geral