Bombardeio

Museu presta homenagem às vítimas da bomba atômica

10 Ago 2012 - 21h05
Museu presta homenagem às vítimas da bomba atômica -
Museu presta homenagem às vítimas da bomba atômica

Integrantes da FEB - Museu da Paz e da Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira (Anvfeb) promovem, no dia 21, o projeto "Jaraguá do Sul na Construção da Paz Mundial - Um Tributo em Memória às Vítimas de Hiroshima e Nagasaki e Homenagem ao Dia do Soldado". Trata-se de um dia para relembrar o sofrimento causado com o lançamento de bombas nucleares sobre as cidades japonesas, em 6 e 9 de agosto de 1945, respectivamente. Os bombardeios ocorreram no final da Segunda Guerra Mundial pela Força Aérea dos Estados Unidos. As estimativas apontam para um número de mortos que varia entre 140 mil, em Hiroshima; e 80 mil, em Nagasaki, não contabilizadas as mortes posteriores, devido à exposição da radiação. A bomba de Hiroshima, apelidada de "Little boy", possuía 60 quilos de urânio e explodiu a cerca de 600 metros do solo. Estima-se em 90% os edifícios danificados ou completamente destruídos. A bomba lançada sobre Nagasaki, apelidada de "Fat Man", e composta de plutônio, explodiu a 469 metros do solo. Deveria ser lançada sobre a cidade de Kokura, mas a falta de visibilidade fez o piloto do avião mudar a trajetória rumo a Nagasaki. As bombas atômicas forçaram a rendição das tropas do Império do Japão, em 15 de agosto de 1945.

Os organizadores do evento, que relembra o sofrimento causado pelo bombardeio, passarão o dia com série de atividades e promoções pela Paz. Para as 9 horas, está programada uma sessão cívica com a presença do 62º Batalhão de Infantaria de Joinville. A programação prossegue em frente à Fundação Cultural de Jaraguá do Sul, com exposição de artigos de natureza militar; com representantes do serviço de alistamento militar; e palestras sobre o trabalho do Exército. De acordo com a responsável pela ação educativa do museu, Andréia Cavalheiro Gonçalves Lopes, as escolas interessadas precisam agendar horário para visitação através do telefone 2106-8714. "Queremos divulgar o trabalho do Exército, que está envolvido em missões de paz, além de homenagear os soldados pelo seu dia - comemorado em 25 de agosto", diz Andréia. Os alunos ainda serão orientados sobre a confecção do "tsuru", símbolo do origami que também representa a paz.


O Museu da Paz e a Anvfeb lembram do episódio dos bombardeios desde 2009, quando ocorreu, na Fundação Cultural, uma sessão cívica. Em 2010, o período foi marcado pelo Encontro Nacional de Veteranos da Força Expedicionária Brasileira (FEB). No ano passado, série de atividades ocorreram na Fundação Cultural e no Museu Emílio da Silva, com a apresentação da réplica de uma das bombas, reproduzida numa escala três vezes menor que a original.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira
Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Geral

Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo

Os usuários que estacionarem na Zona Azul da cidade e não efetuarem o pagamento, continuarão a receber o Aviso de Cobrança de Tarifa, mas somente poderão efetuar a quitação no prazo de até 10 minutos a partir do horário de emissão do aviso
Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo
Saúde

Havan ajuda na compra de dois respiradores

Um deles foi doado para o Samu de Joinville e o outro para Barra Velha. Ambos vão atender os pacientes do município quando precisam ser transportados com urgência para hospitais da região
Ver mais de Geral