BR 280

Mureta danificada em viaduto será substituída nesta sexta-feira

20 Out 2016 - 18h09
Mureta danificada em viaduto será substituída nesta sexta-feira -

A informação foi dada à Diretoria de Trânsito da Prefeitura de Jaraguá do Sul pela engenheira do DNIT em Joinville, Flora Isabel Grando Santos. O serviço será feito pela empresa responsável pelos reparos nas rodovias federais da região. A responsabilidade pela segurança e sinalização do local, quando ocorrer a substituição da mureta também é de responsabilidade do DNIT. Motoristas que passarem pelo local devem ficar atentos ao local.

A situação da mureta no viaduto foi assunto na Rádio Jaraguá há alguns dias. No dia 13 de outubro, ouvinte enviou fotos para a emissora relatando o fato.  Placas de sinalização e mureta de proteção foram destruídas pelos dois veículos que rodaram na cabeceira do viaduto e, por pouco não caíram sobre a rua Venâncio da Silva Porto. Além do risco de novos acidentes com ciclistas e pedestres que não tem mais uma boa parte da proteção lateral, todos os entulhos desta estrutura estão ao lado da Venâncio da Silva Porto, e precisam ser removidos para melhorar o aspecto visual daquela região.

Matérias Relacionadas

Jaraguá do Sul

Social recebe quatro toneladas de alimentos em doação de supermercado

Depois de descarregados os mantimentos, eles passarão por triagem e deverão ser entregues às entidades que realizam o atendimento de pessoas carentes no município
Social recebe quatro toneladas de alimentos em doação de supermercado
Economia

Entrega do Imposto de Renda com atraso tem multa a partir de hoje

Receita Federal recebeu 31.980.151 declarações
Entrega do Imposto de Renda com atraso tem multa a partir de hoje
Santa Catarina

Ciclone em SC: Fenômeno provoca ocorrências em 101 municípios de Santa Catarina

O mesmo documento informa que o Estado tem nove mortes confirmadas e outras duas pessoas desaparecidas por conta do evento climático
Ciclone em SC: Fenômeno provoca ocorrências em 101 municípios de Santa Catarina
Santa Catarina

Cerca de 1,3 mil funcionários da Celesc trabalham para restabelecer energia no estado

O trabalho envolve, principalmente, a retirada de material pesado que caiu sobre a rede e pode levar de dois a três dias em determinadas localidades
Cerca de 1,3 mil funcionários da Celesc trabalham para restabelecer energia no estado
Ver mais de Geral