Interesse Habitação
Geral

Município catarinense deve receber auxílio de agência internacional na prevenção de desastres

31 Jan 2013 - 18h00

O secretário de Estado da Defesa Civil, Milton Hobus, recebeu nesta quinta-feira, 31, uma comitiva composta por técnicos da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) e membros da Defesa Civil Nacional. A equipe apresentou ao secretário o projeto de Fortalecimento da Estratégia Nacional de Gestão Integrada de Riscos de Desastres Naturais do Brasil e informou que deve auxiliar o município de Blumenau na implantação de uma infraestrutura de prevenção em desastres.  


Nesta semana, a comitiva visitou municípios atingidos por deslizamentos no Rio de Janeiro (RJ), e depois seguiu para Blumenau (SC). O objetivo entre o Brasil e a Jica é consolidar uma parceria efetiva no combate aos desastres naturais que frequentemente assolam o país.   De acordo com o diretor da Jica, Norihito Yonebayashi, o Japão convive com desastres semelhantes aos que ocorrem no Brasil há mais de 100 anos, por isso desenvolveu tecnologias para prever estes eventos, alertando de maneira eficiente a população e consequentemente restringindo os riscos. E é o uso dessa tecnologia que a agência quer implantar no Brasil. Desse modo, percorre algumas cidades para avaliar a necessidade de planos de ação efetivos.  

No município de Blumenau, os técnicos visitaram várias áreas afetadas por deslizamentos e identificaram que a tecnologia japonesa pode ser muito útil na implantação de uma infraestrutura de prevenção em desastres.

De acordo com a Secretaria Nacional de Defesa Civil, Blumenau deverá ser contemplada com o programa da Jica ainda este ano, quando técnicos brasileiros e japoneses vão trabalhar em conjunto na montagem de uma estrutura de prevenção que deverá envolver o governo municipal, estadual e federal.   "Somos gratos pela atenção que a agência tem dispensado com as áreas de risco de Santa Catarina e temos total interesse no projeto. Seremos parceiros na implantação de equipes capacitadas nesse trabalho que deve começar assim que a Jica der o sinal verde para o município contemplado no Estado", afirmou o secretário Milton Hobus.  


Milton Hobus afirmou ainda que é objetivo do governador Raimundo Colombo tornar o Estado cada vez mais seguro para o povo catarinense. Por isso sua determinação em investir no maior programa de prevenção e alerta da história de Santa Catarina, e a parceria da Jica é um grande passo nesse sentido.  

O apoio da Agência de Cooperação Internacional do Japão não é financeiro, como também não cabe a ela executar nenhum tipo de obra estrutural. Se firmado o acordo, o município será responsável por montar equipes para receber treinamento dos profissionais japoneses na prevenção de desastres.

Matérias Relacionadas

Internacional

Temperatura média do planeta pode subir 3,4°C até 2100

O relatório ainda aponta que o aumento dos níveis dos mares tem acelerado, e indica que a acidez dos oceanos aumentou 26% desde o início do período industrial por causa da absorção do CO2 liberado na atmosfera pelo uso de combustíveis fósseis.
Temperatura média do planeta pode subir 3,4°C até 2100
Turismo

Potencial do turismo religioso de Jaraguá será apresentado no Paraná

Ao interagir no Fórum, a intenção é trazer mais subsídios para que o segmento possa crescer e atrair ainda mais romeiros e demais visitantes à cidade.
Potencial do turismo religioso de Jaraguá será apresentado no Paraná
Jaraguá do Sul

Primavera começa na segunda-feira: convite para apreciar a natureza

Depois de retirar algumas plantas que traziam risco, a Prefeitura de Jaraguá do Sul iniciou uma ampla ação de reflorestamento
Primavera começa na segunda-feira: convite para apreciar a natureza
Geral

SINE divulga vagas de emprego disponíveis em Jaraguá do Sul

Interessados devem comparecer à agência Sine em Jaraguá do Sul, no piso térreo da Rodoviária
SINE divulga vagas de emprego disponíveis em Jaraguá do Sul
Ver mais de Geral