Imobiliária Coralli
Mortes

Mortes causadas pela poluição do ar custam US$ 225 bi à economia global

08 Set 2016 - 16h29
As mortes causadas por doenças ocasionadas pela poluição do ar custaram à economia mundial US$ 225 bilhões em 2013 por perdas de rendimento de trabalho, segundo pesquisa feita pelo Banco Mundial e pelo Instituto de Métricas e Avaliação da Saúde (IHME, sigla em inglês).

A pesquisa, que estima que naquele ano a poluição do ar tenha causado cerca de 5,5 milhões de mortes, busca estimar os custos de mortes prematuras motivadas por esse problema, para ajudar na decisão de ações em cenários de recursos escassos.

A pesquisa aponta que as perdas anuais em força de trabalho causadas por mortes decorrentes da poluição do ar custam o equivalente a 0,83% do Produto Interno Bruto (PIB) do sul asiático. No leste da Ásia e no Pacífico, que passam por um processo de aumento da proporção da população idosa, as perdas de rendimentos de trabalho representam 0,25% do PIB. Já na África Subsaariana, onde a poluição do ar prejudica o potencial de ganhos das populações mais jovens, as perdas anuais representam o equivalente a 0,61% do PIB.

 

 

As informações são do

Site G1

Matérias Relacionadas

Educação

Confirmado o retorno das aulas presenciais em Jaraguá a partir do dia 28

O retorno às unidades de ensino não será de forma total, atendendo aos protocolos do Plano de Contingência. Cada rede irá entrar em contato com os pais, detalhando como irá ocorrer a retomada
Confirmado o retorno das aulas presenciais em Jaraguá a partir do dia 28
Guaramirim

Guaramirim confirma mais duas mortes por Covid-19

Com os novos registros, chega a 20 o número de óbitos pela doença na cidade, desde o início da pandemia
Guaramirim confirma mais duas mortes por Covid-19
Jaraguá do Sul

Nova classificação de risco reduz medidas sanitárias

Os cuidados devem ser mantidos para evitar que a região volte para a situação grave
Nova classificação de risco reduz medidas sanitárias
Saúde

Coronavírus em SC: Saúde divulga atualização do Mapa da Matriz de Risco Potencial

Nenhuma região se encontra no nível Gravíssimo
Coronavírus em SC: Saúde divulga atualização do Mapa da Matriz de Risco Potencial
Ver mais de Geral