GERAL

Moro cria grupo para estudar redução de tributos sobre cigarro fabricado no País

26 Mar 2019 - 11h20Por Luci Ribeiro

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, criou grupo de trabalho (GT) "para avaliar a conveniência e oportunidade da redução da tributação de cigarros fabricados no Brasil, e, assim, diminuir o consumo de cigarros estrangeiros de baixa qualidade, o contrabando e os riscos à saúde dele decorrentes". A portaria com a decisão está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 26.

Segundo o ato, representantes da Polícia Federal, Secretaria Nacional do Consumidor e Assessoria Especial de Assuntos Legislativos, órgãos do Ministério da Justiça, irão integrar o grupo. Ainda serão convidados a compor a equipe representantes dos ministérios da Economia e da Saúde.

"O GT poderá convidar pesquisadores e especialistas para participarem ou assessorarem o grupo, quando necessários para o cumprimento de sua finalidade", cita a portaria. "O GT será provisoriamente presidido pelo representante da Polícia Federal e, depois de completo, pelo membro escolhido pelo próprio grupo de trabalho", acrescenta.

O grupo produzirá estudos sobre a tributação de cigarros fabricados no Brasil e propostas de melhorias à política fiscal e tributária do setor, incluindo medidas para a redução do consumo de cigarros estrangeiros de baixa qualidade e contrabandeados, que, segundo a pasta, já ocupam ilegalmente parte significativa do mercado brasileiro, com danos à arrecadação tributária e à saúde pública.

Também faz parte do material a ser elaborado proposta de alterações ou edição de normas necessárias para a efetiva aplicação das ações sugeridas. O relatório final dos trabalhos deverá ser entregue ao ministro Moro no prazo de 90 dias.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

SC tem previsão de chuva intensa no fim de semana

Alerta segue especialmente de Laguna a Itapoá, médio e baixo Vale do Itajaí
SC tem previsão de chuva intensa no fim de semana
Geral

Igrejas devem suspender missas e atividades presenciais, conforme Decreto Estadual

Neste momento, a Diocese de Joinville incentiva as igrejas católicas a continuar com as transmissões das Santas Missas pelas redes sociais
Igrejas devem suspender missas e atividades presenciais, conforme Decreto Estadual
Geral

INSS divulga calendário de retomada da prova de vida

Suspensão do procedimento por mais 60 dias foi anunciada no dia 23
INSS divulga calendário de retomada da prova de vida
Saúde

Com novo decreto, Prefeitura de Jaraguá detalha restrições

O Governo do Estado publicou o Decreto 1.172 nesta sexta-feira (26) suspendendo o funcionamento de serviços não essenciais das 23h desta sexta-feira (26) até às 6h de segunda-feira (1º)
Com novo decreto, Prefeitura de Jaraguá detalha restrições
Ver mais de Geral