Imobiliária Coralli
Atendimento

Ministro da Saúde quer cortar verba de cidades sem transparência nos dados

19 Jul 2016 - 11h05
O ministro da Saúde Ricardo Barros afirmou nesta segunda-feira, 18, que estuda cortar o repasse federal dos municípios que não transmitirem todas as informações relativas ao atendimento em seus sistemas de saúde pela plataforma Datasus. A proposta pode atingir não só os recursos de investimento ou adicionais, mas também o custeio dos hospitais e demais equipamentos nas cidades.

A ideia é atrelar as informações sobre o número de atendimentos, procedimentos realizados e postos oferecidos. Dependendo do porcentual de dados disponíveis, pode haver ou não corte nos recursos.

Segundo o ministro, isto já é realizado hoje pelos tribunais de contas nas cidades, ações que agora devem ser estendidas ao ministério.

A medida foi anunciada em meio a um esforço do ministro do governo interino em otimizar os recursos da pasta. O ministério também anunciou recentemente que pretende "afrouxar" a cesta básica mínima de serviços oferecidos pelos planos de saúde, possibilitando a criação de "planos populares", com cobertura restrita ao atendimento ambulatorial. De acordo com a pasta, projeções apontam que a mudança poderia gerar um acréscimo anual de R$ 20 bilhões na área.

 

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Segurança

Motociclista sem habilitação se envolve em colisão no bairro Vila Lenzi

No local estava presente somente a condutora do carro, sendo que o motociclista havia sido levado para atendimento no Hospital São José
Motociclista sem habilitação se envolve em colisão no bairro Vila Lenzi
Trânsito

Caminhão roubado no Rio de Janeiro em 2015 é recuperado em Itapema

Caminhão roubado no Rio de Janeiro em 2015 é recuperado em Itapema
Saúde

Confira quais são os bairros de Jaraguá com mais casos da Covid-19

Pelo menos 122 pacientes seguem em tratamento no município
Confira quais são os bairros de Jaraguá com mais casos da Covid-19
Esportes

Pandemia adia Corrida de São Silvestre para maio do ano que vem

Tradicionalmente em 31 de dezembro, prova terá duas edições em 2021
Pandemia adia Corrida de São Silvestre para maio do ano que vem
Ver mais de Geral