Imobiliária Coralli
Saúde

Ministério da Saúde lança plano nacional contra tuberculose

24 Mar 2017 - 12h16
Ministério da Saúde lança plano nacional contra tuberculose -
O Ministério da Saúde lançou nesta quinta-feira o Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose, com ações para reduzir a incidência da doença na população. Atualmente, a doença atinge 32,4 pessoas por cem mil habitantes no Brasil. A meta é chegar, até 2035, a menos de 10 casos por cem mil habitantes. A medida ratifica o compromisso do país com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e marca o Dia Mundial de Combate à Tuberculose, celebrado anualmente em 24 de março.

O plano define os indicadores utilizados para monitorar as ações feitas por estados e municípios na rede de atenção à saúde. Dividido em três pilares: prevenção e cuidado integrado e centrado no paciente; políticas públicas arrojadas e sistema de apoio; e intensificação de pesquisa e inovação, o objetivo do plano é diagnosticar precocemente a doença e garantir o tratamento contínuo, diminuindo o abandono antes do período recomendado, que é de no mínimo seis meses.

Campanha

Para sensibilizar a população sobre a doença, a pasta veicula até o dia 30 a campanha Todos Juntos contra a Tuberculose. O alerta mostra a importância de aderir e completar o tratamento contra a doença, que tem duração de pelo menos seis meses. A campanha enfatiza que a responsabilidade do tratamento deve ser compartilhada por paciente, equipe de saúde, família e amigos.

O principal sintoma da tuberculose é a tosse por mais de três semanas, com ou sem catarro. Qualquer pessoa com esse sintoma deve procurar uma unidade de saúde para fazer o diagnóstico. Estão mais vulneráveis à tuberculose indígenas, população privada de liberdade, população em situação de rua - estes devido à dificuldade de acesso aos serviços de saúde e às condições específicas de vida -; além das pessoas vivendo com o vírus HIV. Segundo o Ministério da Saúde, dentre as pessoas com diagnóstico confirmado de tuberculose, 9,7% apresentaram coinfecção por HIV em 2015.

Em 2016, foram registrados 66,7 mil casos novos e 12,8 mil casos de retratamento de tuberculose no Brasil. No período de 2007 a 2016, o coeficiente de incidência da doença apresentou uma variação média anual de -1,7%, passando de 37,90/100 mil habitantes em 2007 para 32,4/100 mil habitantes em 2016. A redução da incidência nos dez anos foi de 14,1%.

 

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Corupá

Rematrículas para a Rede Municipal de Ensino ocorrem em novembro em Corupá

Ainda na semana que vem (26 a 30 de outubro), os estudantes devem ir até as escolas buscar o material impresso da nova rodada de atividades escolares
Rematrículas para a Rede Municipal de Ensino ocorrem em novembro em Corupá
Eleições 2020

Justiça Eleitoral amplia Disque-Eleitor para as Eleições 2020: veja datas e horários de atendimento

O intuito é atender os eleitores que precisam, entre outras informações, consultar o número do título, o local de votação, a sua situação eleitoral ou tirar dúvidas sobre como justificar o voto
Justiça Eleitoral amplia Disque-Eleitor para as Eleições 2020: veja datas e horários de atendimento
Política

TRE-SC nega pedido de candidato a vereador para usar nome do presidente da República

O magistrado deferiu o registro de candidatura, porém com o nome de Renato Ari Rita
Geral

Sicredi doa mais de 1.400 kg de alimentos para Instituto Ajorpeme  

Doação faz parte do compromisso de dobrar arrecadação do Drive-Thru do Bem. 
Sicredi doa mais de 1.400 kg de alimentos para Instituto Ajorpeme  
Ver mais de Geral