GNet
Emprego

Microrregião encerra 2015 com menos 4,2 mil postos de trabalho

22 Jan 2016 - 14h28
Microrregião encerra 2015 com menos 4,2 mil postos de trabalho -

Em 2015, foram perdidos 58.599 empregos, o que correspondeu a um decréscimo anual do emprego da ordem de 2,88%.


O saldo negativo deveu-se principalmente ao desempenho negativo do emprego nos setores da Indústria de Transformação (-36.316 postos), do Comércio (-9.515 postos) e da Construção Civil (-8.549 postos).

Em dezembro, de acordo com o ministério do trabalho, devido a razões sazonais que marcam a série do CAGED, como por exemplo a entressafra agrícola, férias escolares, período de chuvas e término das festas no final do ano, fatores que permeiam quase todos os setores/subsetores verificou-se declínio de 1,74% no nível de emprego ou seja, -34.971 postos de trabalho. Esse resultado decorreu da queda em quase todos os setores, com destaque para Indústria de Transformação (-18.298 postos), Serviços (-5.496 postos), Administração Pública (-4.882 postos), Construção Civil (-4.537 postos) e Agropecuária (-1.371 postos).

Dentre as cidades com mais de 30 mil habitantes, Balneário Camboriú, Florianópolis e Itapema ocupam as três primeiras colocações. Balneário Camboriú, é a cidade que teve maior saldo positivo em geração de emprego, com 412 novos postos de trabalho, resultado de 2918 admissões e 2506 demissões. Detre as cidades da região, Guaramirim encerrou 2015 em 19º com saldo negativo de – 329 postos de trabalho.

Jaraguá do Sul encerrou o ano em 39º colocado, com saldo negativo de -1164 postos de trabalho a menos. Blumenau ocupa a última posição do ranking, com saldo de -4219 postos de trabalho, dados referentes a 2.313 admissões e 6.532 demissões.

Dentre as cidades da região, nenhuma encerrou o ano com saldo positivo. No resultado de admissões e demissões, Jaraguá do Sul é a cidade que mais demitiu com – 3229 empregos, seguido por Guaramirim com – 489, Schroeder com – 355, Massaranduba com – 124 e Corupá com -53.  Num total a região teve saldo negativo, com a eliminação de 4250 postos de trabalho.


O presidente do sindicato dos trabalhadores metalúrgicos, Silvino Volz, contesta os números apresentados pelo CAGED. [jwplayer mediaid="255412"]

Pela nona vez, os representantes dos sindicatos da patronal e trabalhista dos metalúrgicos se reúnem hoje para continuar a discussão sobre o novo acordo salarial da categoria, cuja data base foi primeiro de janeiro. As negociações evoluíram, mas os trabalhadores ainda não aceitaram a contra-proposta oferecida pela patronal. [jwplayer mediaid="255411"]

Uma nova rodada de negociações está prevista para a tarde de hoje e independente do resultado, a categoria fará uma assembleia geral amanhã (23) às 9h30, para avaliar a situação.

Isabel Debatin/Jotha Santos

GNet

Matérias Relacionadas

Geral

Lavação de túmulos e jazigos pode ser feita até dia 27 de outubro em Guaramirim

Prazo para construções e manutenções encerrou na sexta-feira
Lavação de túmulos e jazigos pode ser feita até dia 27 de outubro em Guaramirim
Geral

Abertas inscrições para castração de cães e gatos na Figueira e João Pessoa

Moradores interessados devem procurar os Cras na próxima semana
Abertas inscrições para castração de cães e gatos na Figueira e João Pessoa
Geral

Fujama terá eventos no fim de semana para marcar os 16 anos

A melhora nas condições do tempo vai possibilitar a realização da primeira "Passarinhada", no Parque Natural Municipal Morro dos Stinghen
Fujama terá eventos no fim de semana para marcar os 16 anos
Economia

Vereadores aprovam e Guaramirim poderá ter prédios de até 25 andares

Projeto foi aprovado em primeiro turno
Vereadores aprovam e Guaramirim poderá ter prédios de até 25 andares
Ver mais de Geral