HPV

Meninos começam a ser vacinados contra HPV na rede pública de saúde

03 Jan 2017 - 11h32
Meninos na faixa etária de 12 a 13 anos já podem ser vacinados contra o HPV pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nos postos de vacinação de todo o país. Até o ano passado, esta imunização era feita apenas em meninas. O Brasil é o primeiro país da América do Sul e o sétimo do mundo a oferecer a vacina contra o HPV para meninos em programas nacionais de imunizações. A faixa-etária será ampliada, gradativamente, até 2020, quando serão incluídos os meninos com 9 anos até 13 anos.

A expectativa é imunizar mais de 3,6 milhões de meninos em 2017, além de 99,5 mil crianças e jovens de 9 a 26 anos vivendo com HIV/aids, que também passarão a receber as doses. Para isso, o Ministério da Saúde adquiriu seis milhões de doses, ao custo de R$ 288,4 milhões. Não haverá custos extras para a pasta, já que no ano passado, com a redução de três para duas doses no esquema vacinal das meninas, o quantitativo previsto foi mantido, possibilitando a vacinação dos meninos. Assim, o Ministério continua com a mesma determinação, que é de fazer mais com os mesmos recursos financeiros.

Matérias Relacionadas

Economia

Warren recebe R$ 120 milhões em rodada de investimento

Em plena crise provocada pelo coronavírus, a corretora anuncia seu maior aporte. Valor será utilizado para deixar a experiência do cliente na plataforma ainda melhor
Warren recebe R$ 120 milhões em rodada de investimento
Esportes

Corinthians e Grêmio podem ter desfalques no reinício dos estaduais

Timão anuncia que Cantillo testou positivo para covid-19
Corinthians e Grêmio podem ter desfalques no reinício dos estaduais
Corupá

Não deixe para a última hora: alistamento militar segue até 30 de setembro

Jovens corupaenses podem procurar a Junta Militar do Município para tirar dúvidas
Não deixe para a última hora: alistamento militar segue até 30 de setembro
Santa Catarina

Estiagem em SC: Mesmo com a presença de chuva, alguns municípios catarinenses seguem em sinal de alerta

Conforme dados estudados, dentre as 279 cidades catarinenses é possível destacar que tem 212 municípios em estado de normalidade
Estiagem em SC: Mesmo com a presença de chuva, alguns municípios catarinenses seguem em sinal de alerta
Ver mais de Geral