Geral

Média histórica do Auxílio-Cidadão de Jaraguá apresenta nova elevação em março

Desde o início da pandemia, o número de benefícios mensais concedidos se mantém acima da média de três mil. Em 2021, o valor investido é de quase R$ 1,4 milhão

10 Abr 2021 - 17h30Por Janici Demetrio
Média histórica do Auxílio-Cidadão de Jaraguá apresenta nova elevação em março - Crédito: Divulgação / PMJS Crédito: Divulgação / PMJS

A pandemia de Covid-19, responsável pela redução de jornadas de trabalho e salários, além do aumento de desemprego, é a principal responsável pela elevação da média histórica no número de concessões de benefícios eventuais em Jaraguá do Sul. Composto por três auxílios: Cidadão, Funeral e Natalidade somaram 3.327 em março. Destes, o Cidadão, previsto pela Lei nº 7.870/2019, continua sendo o mais solicitado junto à Secretaria de Assistência Social e Habitação de Jaraguá do Sul. Nos três primeiros meses deste ano, foram repassados R$ 1.384.706,62 para famílias consideradas em vulnerabilidade social.

Relatório do setor de Planejamento e Vigilância Socioassistencial, que apresenta dados a partir dos Registros Mensais de Atendimentos (RMAs) aponta para a liberação de 3.291 benefícios desta natureza em março. A média mensal vinha se mantendo acima de três mil solicitações desde agosto do ano passado (3.045, 3.501, 3.305 , 3.129 e 3.125), fato ocorrido também em abril (3.226), um mês após o início oficial da pandemia de Covid no Brasil. Neste ano, apenas o mês de fevereiro apresentou uma pequena queda, com 2.859 concessões, totalizando R$ 418,2 mil. Segundo o secretário de Assistência Social e Habitação, André de Carvalho Ferreira, foram investidos, em 2021, quase R$ 1,4 milhão apenas com este benefício.

“Os valores ajudam as famílias em situação de vulnerabilidade social, na compra de gêneros alimentícios, higiene e limpeza”, explica.


Quem tem direito? - O Auxílio-Cidadão pode ser solicitado por famílias com até meio salário mínimo de renda per capita, em situações de risco e vulnerabilidade social. Neste ano, os valores são de R$ 99,32 ou  R$ 168,84. O recurso deve ser utilizado na compra de gêneros alimentícios e produtos de higiene e limpeza, em mercados credenciados. De acordo com o secretário, o acesso ao auxílio ocorre mediante apresentação de documentos pessoais do requerente e das pessoas que residem com ele. Há a necessidade de comprovação de renda e de moradia em Jaraguá do Sul, por tratar-se de um benefício municipal.

A avaliação para liberação do benefício é feita por meio de atendimento técnico com assistentes sociais, nos Centros de Referência e Assistência Social (Cras) listados abaixo. A gerente de Proteção Social Básica, Bruna Nagel Pauli, informa que, neste momento de pandemia, os agendamentos ocorrem prioritariamente por telefone, evitando que as pessoas saiam de casa desnecessariamente. A solicitação é pelo respeito ao horário agendado, impedindo aglomerações nos equipamentos públicos e o contágio pela Covid-19. Em caso de impossibilidade de comparecimento, recomenda-se que a pessoa desmarque o compromisso com, pelo menos, 24 horas de antecedência. Assim, os técnicos da secretaria têm tempo hábil para a substituição no atendimento.

No mês de março, o percentual médio de faltas foi de 9,82%. Dos 2.353 agendamentos, 231 deixaram de comparecer (na tabela ao lado). O índice é um pouco menor que o de fevereiro, quando o absenteísmo chegou a 11,75%, mas ainda está longe de ser considerado ideal.


Centros de Referência e Assistência Social (Cras)

*Cras Ilha da Figueira
Território: Águas Claras, Boa Vista, Centenário, Ilha da Figueira, Vila Nova;
Telefones: 3372-1470 e 3273-819;
Rua Padre Donato Wiemes, 202, bairro Ilha da Figueira.

 *Cras João Pessoa
Território: João Pessoa, Santa Luzia, Vieira, Vila Lala;
Telefones: 3376-4591 e 3371-5953;
Rua Gilberto de Paula Pimentel, 379, bairro João Pessoa.

*Cras Centro
Território: Água Verde, Barra do Rio Molha, Centro, Czerniewicz, Nova Brasília, Rau, Rio Cerro I, Rio Cerro II, Rio Molha, Três Rios do Sul, Vila Baependi;
Telefones: 3274-5100 e 3274-5105;
Rua Exp. Cabo Harry Hadlich, 501, centro.

 *Cras Ribeirão Cavalo
Território: Braço do Ribeirão Cavalo, Estrada Nova, Nereu Ramos, Ribeirão Cavalo, Tifa Monos;
Telefones: 3376-1183 e 3273-7818;
Rua Belarmino Garcia, s/n, bairro Ribeirão Cavalo.

*Cras Jaraguá 84
Território: Barra do Rio Cerro, Garibaldi, Jaraguá 84, Jaraguá 99, Parque Malwee, Rio da Luz;
Telefones: 3371-0367 e 3273-8195;
Rua Alvino Flor da Silva, 678, bairro Jaraguá 84.

*Cras Vila Lenzi
Território: Chico de Paulo, Jaraguá Esquerdo, São Luís, Tifa Martis, Vila Lenzi;
Telefone: 3275-8700;
Rua Adão Noroschny, 500 (Dentro do CEU), bairro Vila Lenzi.

*Cras Santo Antônio
Território: Amizade, Santo Antônio, Três Rios do Norte;
Telefones: 3371-5706 e 3273-7159;
Rua José Vicenzi, 563, bairro Santo Antônio.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Leão baio invade propriedade e assusta moradores em Ituporanga

O animal invadiu um terreno no bairro Cerro Negro e não conseguiu mais sair. Segundo informações dos bombeiros, no local haviam alguns pavões
Leão baio invade propriedade e assusta moradores em Ituporanga
Geral

Corpo de Jairê Engler será velado na Corporação dos Bombeiros de Schroeder 

Comandante morreu no início da tarde desta sexta-feira (14) vítima de acidente de trânsito
Corpo de Jairê Engler será velado na Corporação dos Bombeiros de Schroeder 
Geral

Comunidade lamenta a morte do comandante dos Bombeiros de Schroeder

Pelas redes sociais, diversas pessoas se manifestaram, lamentando a partida precoce de Jairê Michel Engler, 26 anos
Comunidade lamenta a morte do comandante dos Bombeiros de Schroeder
Geral

Corporações da região se unem para cumprir escala de plantão em Schroeder

Comandante, Jairê Michel Engler, 26 anos, morreu nesta sexta-feira (14) vítima de acidente
Corporações da região se unem para cumprir escala de plantão em Schroeder
Ver mais de Geral